Segundo governo, obras e projetos de infraestrutura deverão receber investimentos de R$ 260 BILHÕES e cerca de 1 milhão de empregos devem ser gerados

Roberta Souza
por
-
29-04-2021 19:02:44
em Economia, Negócios e Política
Infraestrutura – obras – governo – empregos Obras de infraestrutura em rodovia/ Fonte: Reprodução

O ministro da Infraestrutura divulgou que o governo prevê investimentos em obras e projetos no setor, com geração de muitos empregos

Ontem (28/04), durante a inauguração da Avenida Portuária no Rio de Janeiro, o ministro da infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas informou que o governo federal tem a previsão de que R$ 260 bilhões sejam investidos em obras e projetos de infraestrutura até o fim do ano que vem. Segundo o ministro, tem-se uma estimativa de criar mais de 1 milhão de empregos com as concessões à iniciativa privada.

Investimentos em obras de infraestrutura e geração de empregos

Segundo o ministro da infraestrutura, o programa de concessões do governo é um grande acerto, pois permite fazer altos investimentos e cobre a falta de recursos. Ele destacou que o possível investimento de R$ 260 bilhões nas obras e projetos de infraestrutura serão destinados à transferência de ativos à iniciativa privada, que segundo o ministro, irá gerar uma maior repercussão econômica futuramente.

Tarcísio ainda diz que a geração de empregos será muito grande com os aportes a serem realizados em obras e projetos de infraestrutura do Governo. Ele ainda ressalta que com a execução das obras e projetos, cerca de 1 milhão de empregos possam ser gerados, tanto de forma direta quanto indireta.

Segmentos que podem atrair investimentos no setor de infraestrutura

Nos projetos das concessões do Governo estão inclusas grandes rodovias do país, localizadas em diversos estados. O ministro da infraestrutura cita o leilão da BR-153, localizada no estado de Tocantins e que deve atrair R$ 14 bilhões. Ele também cita a licitação da BR-163, que fica no estado do Pará. Tarcísio ainda menciona a licitação da Rodovia Presidente Dutra, licitação da BR-381 com a BR-262, ambas localizadas respectivamente no estado de Minas Gerais e Espírito Santo.

O ministro da infraestrutura informou ainda que o Governo possui planos de concessão no setor portuário, sendo eles: o terminal salineiro no Rio Grande do Norte, terminal de carga geral, em Macapá, e o terminal de trigo em Mucuripe, no estado do Ceará.

Também está nos planos do Governo dar continuidade a concessão dos aeroportos à iniciativa privada, começando com o aeroporto de São Gonçalo do Amarante, que passará por uma nova licitação.

No próximo ano, o aeroporto de Viracopos em Campinas, e mais 16 aeroportos da Infraero serão divididos em três blocos. O bloco Norte, liderado pelo aeroporto de Belém, o bloco Rio de Janeiro-Minas, liderado pelo Aeroporto Santos Dumont, e o bloco São Paulo-Mato Grosso do Sul, liderado pelo Aeroporto de Congonhas, disse o ministro da infraestrutura.

Obras para melhoria de acesso de caminhões no Rio de Janeiro é inaugurada

Com a presença do Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, do secretário-executivo do MInfra, Marcelo Sampaio, e de outras autoridades, foi inaugurado ontem, dia 28 de abril, a Obra da Avenida Portuária que dá acesso rodoviário para caminhões entre Avenida Brasil ao Porto do estado do Rio de Janeiro.

As obras de infraestrutura, que teve sua construção realizada junto com a alça de ligação da Ponte Rio-Niterói à Linha Vermelha – que foi inaugurada há um ano – teve investimentos de R$ 450 milhões, que geraram cerca de 1,5 mil empregos, de forma direta, quanto indiretos. Os dois empreendimentos são os principais do atual contrato de concessão da Ponte.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos