Rondonópolis recebe o Centro-Oeste Export

Paulo Nogueira
por
-
03-11-2020 14:46:27
em Logística e Transporte
Brasil Export

Evento reunirá as principais personalidades ligadas à logística e multimodalidade do País entre os dias 9 e 10 de novembro; inscrições para assistir online já estão abertas

Com o Centro-Oeste Export, previsto para os dias 9 e 10 de novembro, a cidade de Rondonópolis, em Mato Grosso, será o centro das atenções das discussões sobre logística e multimodalidade do país. O evento reunirá, presencial e virtualmente, os principais especialistas, dirigentes de entidades, empresários e autoridades do setor. Esses debates ocorrem em palestras e painéis e abordarão temas regionais tais como os ligados aos modais rodoviário, ferroviário e hidroviário; potencial econômico e estratégico da região; como fundos de investimento podem atuar nesse desenvolvimento; e ainda a exportação de produtos e a competitividade da produção agropecuária no exterior.

Leia também

Um número restrito de pessoas estará no Hotel Comfort Rondonópolis, de onde serão geradas as imagens. Todos seguirão as normas sanitárias impostas pela pandemia. O público poderá assistir as transmissões online bastando para isso realizar um breve cadastro já disponível no endereço bit.ly/AssistaCentroOesteExport Tanto a inscrição quanto a transmissão dos painéis a palestras são gratuitas. Outras atividades do evento incluem visitas técnicas a grandes empresas instaladas na cidade, tais como ao terminal ferroviário da Brado Logística, uma das patrocinadoras do Centro-Oeste Export, e ainda o anúncio do vencedor da etapa regional do Brasil Hack Export, evento de inovação e tecnologia ligado ao Brasil Export (leia mais detalhes abaixo).

“É um momento único, em que teremos a presença dos mais relevantes nomes de diversos setores ligados à logística para refletir sobre a região que é líder nacional da pecuária e agricultura. Lembrando que dos 7 Estados com maior valor bruto de produção do País, 3 são os do Centro-Oeste”, afirma Fabrício Julião, CEO do Fórum Brasil Export e presidente da Una Marketing de Eventos, que realiza o evento.

Este será o quinto e último fórum regional realizado pelo Brasil Export. Os outros foram Norte (Macapá), Sul (Curitiba), Sudeste (São Paulo) e Nordeste (no porto de Suape). Em comum em todos eles é que o Centro-Oeste sempre esteve presente nos debates.“Dada a sua importância para a logística e exportações do País, o escoamento de grãos do Centro-Oeste foi citado em todos. Nos sentimos honrados em poder trazer para o debate questões que, se solucionadas, trazem melhoria não só do nosso setor, mas que reflete em toda a economia, gerando empregos e renda”, complementa Julião.

Diferencial

Cada um desses eventos regionais conta com a curadoria de especialistas de notório saber em suas áreas, que compõem o conselho consultivo. Conhecedores das questões relativas às suas regiões, e como isso impacta no cenário nacional, eles é que trazem os temas a serem debatidos. Ao todo, o Brasil Export reúne 150 notáveis. No Centro-Oeste, o presidente do Conselho regional é Edeon Vaz Ferreira, que também atua no Conselho Nacional do Brasil Export. Ao lado dos organizadores, é ele quem mais atua para formatar o evento.

Edeon explica que o Centro-Oeste Export tem uma característica diferente dos demais fóruns regionais. A começar pela escolha da cidade que abrigará o evento, Rondonópolis. “O foco principal dos outros eventos foi a logística portuária. Neste, falaremos mais da logística de exportação e importação, já que somos clientes dos portos. Lembrando que Rondonópolis abriga o maior terminal ferroviário do Brasil e o maior da América do Sul”, afirma Edeon, também diretor-executivo do Movimento Pró-Logística de Mato Grosso.

Os números falam por si. Detentora do segundo maior PIB do Mato Grosso, Rondonópolis é conhecida no Brasil todo pelo seu desempenho agropecuário, que lhe garante a liderança no Estado em exportações. A diversificação de sua indústria também vem rendendo muitos frutos e títulos, já que a cidade é o maior polo de esmagamento, refino e envaze de óleo de soja do Brasil; maior produção estadual de ração e suplementos animais; maior polo misturador de fertilizantes do interior brasileiro; detém frigoríficos com padrões internacionais e ainda vem se consolidando com um polo têxtil da região.

Fechamento com chave de ouro

O presidente dos 150 notáveis que compõe os conselhos regionais e o Conselho Nacional do Brasil Export é o consultor portuário José Roberto Campos. Ele lembra do desafio de descentralizar as discussões, já que em 2019 era realizado apenas um evento, e como o evento conseguiu se moldar à nova realidade imposta e superar expectativas.

Segundo Campos, se por um lado a pandemia do novo coronavírus obrigou o distanciamento social, ela abriu espaço para que novas pontes se formassem, desta vez, virtuais. Prova disso é a criação da série de 100 webinários realizados entre os meses de abril e setembro, que ajudou a formatar a nova característica do Fórum Brasil Export: a de firmar como um hub permanente de discussões do setor.

“Com a chegada do Centro-Oeste Export e a proximidade do Fórum Nacional, estamos nos aproximando do fim de uma jornada que começou no ano de 2019, teve um momento difícil neste ano, mas, por outro lado, ajudou a manter o setor de logística brasileiro interessado e unido para encaminhar não apenas os problemas mas as soluções para esses problemas. Os regionais nos permitem ter uma visão mais completa das dificuldades e soluções para o nosso país”, afirma Campos.

Fórum Brasil Export

O Centro-Oeste Export é um dos cinco fóruns regionais do Brasil Export, que terá um grande encontro nacional nos dias 23 e 24 de novembro próximos, em Brasília. O objetivo do Brasil Export em descentralizar os eventos é o de amplificar o debate das questões de infraestrutura e logística portuária para todas as regiões, respeitando suas diferenças locais e especificidade de modais.

Antes dos fóruns regionais, foram realizadas 100 lives entre abril e setembro de 2020, no período da pandemia do novo coronavírus. Paralelo a essa atuação, e mesmo antes das restrições impostas pelo Covid-19, o Brasil Export se tornou referência do setor devido à presença constante no ambiente virtual, disponibilizando conteúdos relevantes em seus canais de informação, seja no site, ou redes, tais como Facebook, Instagram ou Linkedin.

O Centro-Oeste Export é o quinto e último fórum regional realizado neste ano. Os outros quatro foram o Norte Export, entre os dias 28 e 29 de setembro, no Macapá (AP); o Sul Export, realizado entre os dias 5 e 6 de outubro, em Curitiba, no Paraná; o Sudeste Export, que ocorreu na cidade de São Paulo entre os dias 19 e 20 deste mês; e o Nordeste Export, realizado nas dependências do Porto de Suape, em Ipojuca (PE).

Brasil Hack Export

Conhecido no mercado onde está inserido com o maior fórum que aborda os vários aspectos da logística, infraestrutura e multimodalidade, o Fórum Brasil Export também estimula a criação de novas tecnologias e inovações que venham a contribuir para encontrar soluções para carências do setor. Para isso, criou o Brasil Hack Export, uma maratona de hackathons que tem como princípio unir a cadeia logística aos criativos. Em cada fórum regional do Brasil Export é realizada uma seletiva do Brasil Hack Export. Cada uma delas tem um desafio diferente, no caso do Centro-Oeste, por exemplo, é o de buscar soluções de inovação para tornar mais ágil e eficiente os serviços aos usuários das rodovias. O vencedor da etapa regional leva um prêmio em dinheiro e os três melhores são selecionados para a final, que acontece junto com o Fórum Nacional, em Brasília, e que concederá um prêmio de US$ 5 mil.

Inscrições

Os debates das etapas regionais do Fórum Brasil Export serão 100% online e gratuitos. Para participar, basta realizar a inscrição gratuita no endereço https://bit.ly/AssistaCentroOesteExport e que dá acesso a assistir a transmissão feita pelo aplicativo Zoom.

Para saber mais como participar do Brasil Hack Export, o evento de inovação ligado ao Fórum Brasil Export, acesse www.brasilhackexport.com.br/
Patrocinadores: Brado Logística, CNT, Piacentini do Brasil, Praticagem do Brasil e T-Grão

Apoio Institucional: Ministério da Infraestrutura
Serviço
Centro-Oeste Export – Fórum Regional de Logística e Infraestrutura Portuária
Data: de 9 a 10 de novembro
Local: evento online
Inscrições: gratuitas e podem ser feitas no endereço: bit.ly/AssistaCentroOesteExport
Programação prévia:
https://forumbrasilexport.com.br/centrooesteexport/centro-oeste-export/programacao-do-centro-oeste-export/
Siga-nos nas redes sociais
Instagram: @brasilexport
Facebook: @ForumBrasilExport
Twitter: @brasil_export

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.
fwefwefwefwefwe