Início Quer trabalhar na Austrália? País concede pacote de vistos para brasileiros em acordo com Governo Federal. Serão 500 vistos para jovens entre 18 e 30 anos com possibilidade de contratação permanente. Saiba como vai funcionar.

Quer trabalhar na Austrália? País concede pacote de vistos para brasileiros em acordo com Governo Federal. Serão 500 vistos para jovens entre 18 e 30 anos com possibilidade de contratação permanente. Saiba como vai funcionar.

5 de julho de 2022 às 18:53
Compartilhe
Siga-nos no Google News
governo federal trabalhar austrália imigração vistos contratação emprego
Essa pode ser a oportunidade que você estava esperando para ir a outro país | Foto: Canva Pro

Memorando assinado entre o governo federal brasileiro e a Austrália prevê emissão de vistos para trabalho e estudo com permanência de 12 meses no país

Começou a valer na última sexta-feira (1) o memorando assinado entre o governo federal brasileiro e o governo da Austrália para concessão de um pacote de vistos para trabalho e férias. O pacote conta com mais de 500 vistos para jovens com idade entre 18 e 30 anos que desejam uma experiência na Austrália e até mesmo ser contratado permanentemente por alguma empresa de lá. Esse memorando foi assinado dia 31 de março de 2022 mas só começou a valer a partir do mês de julho.

Segundo as estatísticas apontadas pelo governo federal, o Brasil já compõe o nono maior contingente de estudantes que migram para a Austrália a fim de estudar ou trabalhar. Sendo assim, essa nova medida visa estimular ainda mais a relação entre os países. O Brasil também mantém acordos desse tipo com Alemanha, França e Nova Zelândia. Quer participar? Veja como na matéria de hoje.

Artigos recomendados

Veja como funciona o processo de visto de trabalho em 2022 com o vídeo abaixo

Os imigrantes podem suprir a falta de mão-de-obra que a Austrália tem enfrentado nos últimos 2 anos | Reprodução – YouTube: Bravo Study Austrália

Austrália enfrenta problemas de falta de mão-de-obra e procura imigrantes para suprir as demandas de trabalho

Assim como os países desenvolvidos da Europa e até da América do Norte, a Austrália enfrenta um sério problema de falta de mão-de-obra qualificada e não qualificada. No começo de 2022, a distribuição de frango chegou a ser afetada no país devido ao isolamento dos trabalhadores por conta da nova onda de Covid-19.

Além disso, assim como na Europa, a Austrália enfrenta um envelhecimento populacional consecutivo reduzindo a disponibilidade de colaboradores locais. Postos de trabalho não qualificados, como emprego em redes de fast foods, também sobram, pois, são poucos os residentes que desejam atuar nessa área.

Como funciona o processo para conseguir o visto de trabalho e férias do memorando?

No regime que vigora há anos, para você conseguir passar um tempo na Austrália é necessário a apresentação de um vínculo prévio com algum empregador ou alguma instituição de ensino, como universidades, por exemplo. No entanto, com esse memorando, você poderá passar até 12 meses no país sem essa comprovação de vínculo e pode se arriscar a procurar um novo emprego por lá para contratação permanente.

Para conquistar um visto dentro desse modelo estabelecido no memorando, segundo os dados que constam no documento, é necessário que você se certifique de que:

  • pretenda principalmente passar férias na Austrália por um período de até 12 (doze) meses;
  • tenha pelo menos 18 (dezoito) anos, mas não tenha completado 31 (trinta e um) no momento da solicitação do visto;
  • não tenha participado anteriormente no programa “Trabalho e Férias” ou “Trabalho e Férias” da Austrália;
  • não será acompanhado por filhos dependentes;
  • possui um passaporte válido;
  • possui um bilhete de viagem ou fundos suficientes para comprar tal passagem;
  • possua fundos suficientes para a manutenção pessoal durante a estada inicial no território da Austrália, para efeitos do programa bilateral sobre o visto de “Trabalho e Férias”;
  • atende aos requisitos de saúde e caráter, conforme especificado pelas leis da Austrália;
  • completou com sucesso pelo menos 2 (dois) anos de estudo no ensino superior;
  • tem nível de proficiência em inglês avaliado minimamente como funcional.

O memorando também estabelece que a contratação para serviços não deve exceder o período de 6 meses. Mas, se você conseguir um emprego por mais tempo, pode entrar com o pedido de contratação e visto permanente para morar na Austrália, o que é um processo um pouco mais complicado.

Para se inscrever e tentar uma das vagas, clique aqui. Siga todas as instruções (que estão em inglês), e boa sorte!

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes