Início Prefeitura de Erechim (RS) anuncia investimentos de R$ 5,8 milhões em uma parceria público-privada (PPP) para obras de construção de uma usina de energia solar

Prefeitura de Erechim (RS) anuncia investimentos de R$ 5,8 milhões em uma parceria público-privada (PPP) para obras de construção de uma usina de energia solar

29 de abril de 2022 às 17:38
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Erechim será beneficiada com mais infraestrutura para a geração de energia elétrica de forma sustentável, por meio da PPP que irá viabilizar as obras de construção da usina de energia solar
Foto: Pixabay




A cidade do interior do Rio Grande do Sul, Erechim, será beneficiada com mais infraestrutura para a geração de energia elétrica de forma sustentável, por meio da PPP que irá viabilizar as obras de construção da usina de energia solar

Recentemente, a prefeitura do município de Erechim, no interior do Rio Grande do Sul, anunciou a construção de uma usina de energia solar para o abastecimento de prédios públicos no local. Assim, será realizada uma PPP com uma empresa ainda não divulgada para a viabilização das obras de construção, como forma de garantir mais sustentabilidade no abastecimento público da cidade. 

PPP com investimentos orçados em R$ 5,8 milhões irá viabilizar as obras de construção da nova usina de energia solar no município de Erechim

A prefeitura de Erechim está com um novo projeto prevê investimentos superiores a R$ 1 bilhão nas áreas de saúde, educação, infraestrutura, assistência social, qualificação profissional e tecnologia, por meio de parcerias com a iniciativa privada, e as obras de construção da nova usina de energia solar para o abastecimento dos prédios públicos faz parte dessa iniciativa e deverá ser um dos grandes destaques da prefeitura para o ano de 2022. 

Artigos recomendados

Assim, a administração da cidade afirmou que as obras terão investimentos totais orçados em R$ 5,8 milhões e serão viabilizadas por meio de uma PPP, apesar de não ter divulgado ainda qual será a empresa responsável pelas obras de construção. Além disso, o secretário de Planejamento Paulo Jeremias também se pronunciou, e afirmou que a usina solar fotovoltaica terá 1 megawatt de potência, com 2.688 módulos fotovoltaico, um grande empreendimento para o segmento energético do município no interior do Rio Grande do Sul. 

O principal objetivo do projeto é que, com a finalização das obras de construção da usina de energia solar, haja uma economia de até 80% nos gastos com esse recurso em prédios públicos do município, como escolas e hospitais. Agora, o projeto inicial já está finalizado e a prefeitura aguarda as licitações necessárias para o início das obras, que estão previstas para serem entregues ainda durante o ano de 2022, como forma de acelerar o processo de abastecimento dos prédios públicos com uma energia totalmente renovável e limpa. 

Processo de licitação para encontrar a empresa será aberto e o retorno econômico deverá vir em até três anos, segundo engenheiro responsável pelas obras

Segundo a prefeitura de Erechim, as obras de terraplanagem no terreno do município, onde será instalada a usina solar, já devem ser iniciadas nos nos próximos dias no bairro Morada do Sol e, com isso, o projeto conseguirá andar conforme o planejado pela administração da cidade. Além disso, os representantes também destacaram que o processo de licitação para a empresa que ficará responsável pelas obras será realizado de forma interna, ainda durante este mês de abril, e deve ser divulgado já em maio. 

Por fim, Diogo Bolzan, o engenheiro responsável pelas obras, comentou sobre como essa usina de energia solar será importante para um retorno econômico rápido e eficiente e ainda falou sobre a relevância da PPP para o projeto. O engenheiro finalizou afirmando que “O retorno dos investimentos se dará em três anos e todo o dinheiro economizado em energia, será investido em outras áreas de fundamental importância para a cidade, como saúde e educação”.

Agora, a prefeitura de Erechim aguarda os próximos passos para a aceleração do projeto de obras da nova usina de energia solar da cidade e prevê um trajeto tranquilo em relação aos períodos até a entrega da construção no final do ano de 2022.


Relacionados
Mais recentes