Início Porto de Imbituba alcança 1.º lugar em índice de eficiência nas operações com contêineres entre os portos do Brasil, segundo o Global Transport Practice

Porto de Imbituba alcança 1.º lugar em índice de eficiência nas operações com contêineres entre os portos do Brasil, segundo o Global Transport Practice

13 de junho de 2022 às 21:06
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Garantindo ainda mais relevância entre os portos do Brasil, o Porto de Imbituba ficou em 1.º lugar no ranking de eficiência na administração das operações de movimentação de cargas com contêineres e ganhou destaque ainda entre os complexos internacionais.
Foto: Comunicação Social SCPAR Porto de Imbituba

Garantindo ainda mais relevância entre os portos do Brasil, o Porto de Imbituba ficou em 1.º lugar no ranking de eficiência na administração das operações de movimentação de cargas com contêineres e ganhou destaque ainda entre os complexos internacionais.

O Porto de Imbituba, localizado em Santa Catarina, alcançou o 1.º lugar no ranking CPPI (Container Port Performance Index), elaborado pelo Global Transport Practice, do World Bank Group, em colaboração com a divisão Maritime, Trade and Supply Chain da S&P Global Market Intelligence. Essa pesquisa fez um ranking de eficiência na administração das operações com contêineres e o complexo liderou a lista entre os portos do Brasil, trazendo ótimos resultados para o setor portuário nessa segunda-feira, (13/06). 

Porto de Imbituba ganha destaque na administração das operações com contêineres entre os portos do Brasil em ranking de eficiência nas atividades

A pesquisa da Global Transport Practice, do World Bank Group, em colaboração com a divisão Maritime, Trade and Supply Chain da S&P Global Market Intelligence, garantiu ao Porto de Imbituba o primeiro lugar no ranking de eficiência na administração das operações com contêineres entre os portos do Brasil. Além disso, o complexo conseguiu um bom destaque entre os portos mundiais, visto que foram analisados 370 complexos para a pesquisa. 

Artigos recomendados

Esse índice analisa as operações com contêineres em duas perspectivas principais, a administração das operações e as estatísticas dessas atividades. Assim, quanto à parte administrativa dos negócios com os contêineres, o Porto de Imbituba ficou em primeiro lugar entre os complexos portuários brasileiros.

Para isso, foram consideradas a quantidade de movimentações desse tipo anualmente e todos os dados de escalas dos navios, para a verificação do controle de entrada e saída das embarcações e a organização das operações. 

Já em relação à análise estatística das operações com contêineres nos portos do Brasil, o Porto de Imbituba apareceu em quarto lugar. Esses são grandes resultados para o estado de Santa Catarina e o governador Carlos Moisés destacou que “nosso estado demonstra ser sempre muito bem representado. Temos em simultâneo, mão de obra qualificada, um sistema de inovação competente e um ambiente propício para o empreendedorismo. E nossa gestão portuária não fica para trás. Seja na administração direta ou indireta, temos uma gestão de Santa Catarina cada vez mais técnica e eficaz.”

Além de estar em 1.º lugar, o complexo portuário conseguiu uma boa colocação nas operações com contêineres nos complexos internacionais

O Porto de Imbituba não só conseguiu um ótimo destaque, como também alcançou uma ótima colocação no ranking mundial, ficando na posição 51 entre os 370 portos analisados. Assim, o complexo ficou perto de outros gigantes do setor, como o de Hong Kong (China) e Incheon (Coreia do Sul). Além disso, em relação às estruturas portuárias da América Latina, Imbituba está em quarto lugar e em primeiro entre os portos do Mercosul, garantindo ainda mais relevância no cenário internacional. 

Dessa forma, a autoridade portuária destacou a importância de novos investimentos em inovação e tecnologia não só para as operações com contêineres no Porto de Imbituba, mas para toda a cadeia de transporte de cargas.

E, com a chegada desses resultados, o complexo agora se prepara para atrair ainda mais empreendimentos e novos negócios ao longo do ano de 2022, em razão da sua relevância entre os portos do Brasil. 

Atualmente, o Porto de Imbituba conta com um terminal de contêineres, arrendado pela Santos Brasil e, somente durante o ano de 2021, a carga representou 12% de todo o volume movimentado em toneladas, garantindo assim uma boa perspectiva para os resultados atuais que o complexo está colhendo.

Relacionados
Mais recentes