Petroleiras CNOOC e Repsol encomendam estudo sísmico na bacia do Espírito Santo

CNOOC e Repsol

Empresa responsável pela atividade, a Spectrum Geo, já solicitou ao Ibama licença para atuar nos blocos ES-M-592 e ES-M-667, na bacia do Espírito Santo

Os estudos sísmicos são um bom termômetro para medirmos o grau das atividades offshore no mercado de Óleo e Gás. Quando vemos estudos sísmicos sendo encomendados sempre esperamos que a reação em cadeia funcione e que eles se transformem em prospecção, produção e gerem riquezas e empregos.

Os estudos encomendados desta vez, foram de duas petroleiras internacionais renomadas no mercado, a Chinesa CNOOC que opera o bloco ES-M-592 e a espanhola Repsol, operadora do campo ES-M-667, ambos na bacia do Espírito Santo.
As duas petroleiras contam com o levantamento 3D para avaliar o programa exploratório mínimo nos campos e compreenderá uma área de 14,37 mil km², que já envolve o espaço de manobra e a área de aquisição (6,6 mil km²).

A executora

A Spectrum Geo irá utilizar no estudo o navio Hai Yang Shi You 721 e as operações estão previstas para começar em dezembro e terminar em julho de 2020.

Os dados sísmicos serão coletados tendo como referência a cidade de Aracruz, no Espírito Santo, a uma distância mínima da costa de 50 km e em lâmina d’água mínima de 1,3 mil metros.

O Porto de Vitória será a base de apoio da campanha e a expectativa é que a cada cinco ou seis semanas sejam realizadas, além de embarque e desembarque de tripulantes, o embarque de equipamentos, peças e suprimentos, o abastecimento de óleo combustível e o desembarque de resíduos.

Os blocos ES-M-592 e ES-M-667 pertencem em sua totalidade a CNOOC e a Repsol, respectivamente e foram adquiridos na 14ª rodada de concessões da ANP.

Leia também aqui no seu portal CPG ! Abertura do mercado do gás pode trazer onda de privatizações no setor de distribuição !

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)