Petrobras deseja construir cascos de FPSO na Ásia

Petrobras deseja construir cascos de FPSO na Ásia

fevereiro 12, 2018 Off Por Paulo Nogueira

Ela já entrou com pedido de revisão do conteúdo local para as plataformas Itaipu e Búzios. A Petrobras alega que é mais barato construir no exterior

[supsystic-social-sharing id=’1′]A Petrobras requisitou as governanças do Brasil para que houvesse a revisão das métricas de conteúdo local em duas unidades offshore com destinado ao pré-sal. Se ela tiver sucesso no pedido, a construção dos cascos destas plataformas acontecerão na Ásia para os FPSO’s Itapu e Búzios. O planalto foi procurado diretamente para esta conversa e a estatal acabou pedindo para que este assunto não fosse levado a público, mais especificamente para audiências, no que pode resultar em manifestações, principalmente por sindicalistas.

A requisição compõem o corpo de negociações  afim de reavaliar os contratos de cessão onerosa que a Petrobras estreita com toda à cadeia ministerial do Minas e Energia e Fazenda. A estatal revindica este direito de revisão do tratado por conta dos acordo  firmados em 2010, ao qual foi estabelecido que ela poderia produzir sem licitação mas de 5 bilhões de barris de petróleo no Pré-sal das Bacia de Santos, contato que o governo brasileiro fique com uma boa parte do que for processado em terras brasileiras.

Vejam o que disseram os representantes da estatal: “O contrato de cessão onerosa contém previsão de revisão de determinados itens, entre estes os índices de conteúdo local. Deste modo, este tema está entre aqueles a serem negociados pelas respectivas comissões de negociação, já constituídas pela Petrobras e pelo governo”, informou a estatal. Na verdade é um assunto delicado, os cascos destes  FPSO’s que poderiam ser construídos no Brasil, gerando emprego e renda para o povo brasileiro, serão construídos no exterior, caso este pedido passe. Na verdade é muito mais barato construir lá fora do que em nossas próprias terras, devido às altas cargas tributárias que o governo incide nas petroleiras.

Fiquem ligados, pois os concursos da Transpetro e Petrobras já estão em abertos e as inscrições se encerrarão no começo de março. Mas desta vez o diferencial é que tem ensino médio em quase TODAS A FORMAÇÕES TÉCNICAS terão chance de passar. E ai, vai ficar esperando a oportunidade cair do céu ou vocês preferem mudar as probabilidades ao seu favor? Acesse a matéria para mais informações, os links e editais estão lá de forma explicita para vocês se inscreverem.