Petrobras assina contrato com a espanhola Ghenova para seus barcos de apoio

Petrobras assina contrato

Contrato assinado com empresa espanhola contemplará inspeções, auditorias e serviços de suporte técnico a frota de embarcações de apoio da Petrobras

Um contrato de R$ 11 milhões foi assinado entre a Petrobras e a Ghenova Brasil Projetos, filial brasileira da multinacional espanhola Ghenova Ingeniería.
O contrato prevê serviços de inspeções, auditorias e suporte técnico em 70 barcos de apoio que operam para a companhia no offshore brasileiro. Veja o que pensa o presidente da estatal brasileira sobre os futuros contratos da empresa.

Além do apoio às embarcações da frota da Petrobras, a Ghenova também deverá manter à disposição uma equipe onshore responsável pela gestão e coordenação da logística de inspeções e pela prestação de apoio técnico.

O contrato terá a duração de 24 meses e poderá ser renovado duas vezes e abrangerá serviços nos barcos de apoio da estatal brasileira formado pelos tipos: AHTS (Anchor Handling Tug Supply), DSV (Diving Support Vessel), PLSV (Pipe Laying Support Vessel), RSV (ROV Support Vessel), RV (Research Vessel), SESV (Subsea Equipment Support Vessel), SDSV (Shallow-Diving Support Vessel).

Estas embarcações de apoio as operações de exploração e produção precisam passar por manutenções e verificações em seus sistemas de posicionamento dinâmico, sistema de propulsão, sistema de geração e controle de energia e sistema de movimentação carga, para que estejam disponíveis a operar.

O CEO da Ghenova, Francisco Cuervas, disse que foi acertada a decisão de permanecer no Brasil durante o período de crise e que agora está colhendo os frutos da aposta na retomada do mercado brasileiro.

O início

Vale lembrar que a Ghenova começou seus negócios no Brasil em 2010 e desenvolveu projetos importantes para a Petrobras, através da transpetro, com navios gaseiros (LPG) e através da Sete brasil, com os navios sondas que tiveram suas encomendas canceladas no estaleiro Enseada, de Maragogipe na Bahia.

A Ghenova, no Brasil, também participa de projetos no mercado de energia renovável, onde detém um portfólio de mais de 3GW de produção, atuando nas áreas de operação e gestão de construção.

Leia também ! CNPE decidiu por fim a diferença de preço do Gás de cozinha e governo acaba com o subsídio !

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)