Parque eólico da Enel, que recebeu investimentos de mais de R$ 3 bilhões, entra em operação no Piauí. Empreendimento é o maior da América do Sul

Roberta Souza
por
-
11-06-2021 15:21:31
em Energia Renovável
Parque eólico – Enel – Piauí Parque eólico da Enel/ Fonte: Enel Green Power

O parque eólico da Enel Green Power entrou em operação comercial. A unidade de 716 MW de potência está localizada em três cidades no Piauí

A Enel Green Power, subsidiária brasileira de energia renovável do Grupo Enel, iniciou, recentemente, a operação comercial do parque eólico Lagoa dos Ventos, o maior do tipo na América do Sul e o maior da empresa italiana no mundo. A unidade, de 716 MW de potência, está localizada em três cidades do estado do Piauí, de Lagoa do Barro do Piauí, Queimada Nova e Dom Inocêncio. Segundo a companhia, o empreendimento teve um investimento de cerca de R$ 3 bilhões. Veja ainda: Parque eólico que recebeu investimentos de mais de 1,5 bilhão de reais entra em operação. O empreendimento vai fornecer energia à unidade da Braskem, na Bahia

O parque eólico da Enel Green Power, no estado do Piauí

Segundo dados divulgados pela Enel Green Power, o parque eólico no Piauí é composto por 230 turbinas eólicas. A companhia também pontuou que, em dezembro de 2020, a Enel anunciou o início da construção do novo projeto eólico Lagoa dos Ventos III, com 396 MW.

Com o novo parque eólico, que exigirá um investimento de cerca de 360 milhões de euros, a capacidade total de Lagoa dos Ventos atingirá cerca de 1,1 GW. Todo o complexo eólico terá 302 aerogeradores e poderá gerar cerca de 5,0 TWh por ano. Além disso, quando estiver em pleno funcionamento, a instalação de 716 MW poderá gerar mais de 3,3 TWh ao ano, evitando a emissão de mais de 1,6 milhão de toneladas de CO2 na atmosfera.

O Parque Lagoa dos Ventos e suas operações

O CEO da Enel Green Power e head da linha de negócios Global Power Generation da Enel, Salvatore Bernabei, diz que o parque Lagoa dos Ventos é um projeto eólico recorde e seu início de operações comerciais é um marco importante para a Enel Green Power em todo o mundo, especialmente à luz dos desafios do cenário global de saúde.

Salvatore Bernabei ainda ressaltou que, como o projeto é o maior parque eólica do mundo, Lagoa dos Ventos representa um passo significativo para o crescimento sustentável da Enel Green Power, ao mesmo tempo que apoia a recuperação verde no Brasil, contribuindo ainda mais para a diversificação da matriz energética do país.

Veja ainda: Construção de parque eólico na Paraíba irá gerar 600 empregos e investimentos devem chegar a R$ 1 bilhão

O novo parque eólico na Paraíba poderá começar a construção no mês de julho, com geração de diversas vagas de emprego para as obras do empreendimento. O governo do estado assinou, no dia 27 de abril, um protocolo de interações com a empresa EDF Renewables – companhia que atua no segmento de energia renovável.

O projeto prevê a construção do parque eólico nos municípios de Santa Luzia e Junco do Seridó, localizados no Sertão da Paraíba. A previsão é que o empreendimento gere mais de 600 empregos de forma direta e indireta, com aportes de cerca de R$ 1 bilhão, diz o governo da Paraíba.

Com a construção do parque eólico, o empreendimento será o primeiro da EDF Renewables no estado da Paraíba. O novo parque eólico pode entrar em operação comercial no início de 2023 e ter capacidade instalada de 242 MW.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos