Ocyan fecha novo contrato offshore com a Petrobras na Bacia de Santos, 700 vagas de emprego serão ofertadas

Ocyan - Petrobras - Offshore - 700 vagas de emprego Colaborador Ocyan executando atividade – Fonte: Ocyan

Novo contrato offshore entre a Ocyan e Petrobras na Bacia de Santos foi conquistado na manhã de hoje e mais de 700 vagas de emprego estão disponíveis (11)

O novo contrato para manutenção e serviços offshore da Ocyan com a Petrobras na Bacia de santos que comtempla mais de 700 vagas de emprego serão nas plataformas offshore Merluza e Mexilhão. A vigência do mesmo dura cerca de 03 anos com estimativa de renovação para mais dois anos (24 meses).

Leia também

700 vagas de emprego para atuar na Ocyan

Na primeira fase de contratação para as plataformas offshore na Bacia de campos, cerca de 200 pessoas serão contratadas. A estimativa é  que o pico de contratação chegue a 700 vagas de emprego.

Profissionais das seguintes áreas serão contratados: engenheiros, técnicos, delineadores, caldeireiros, pintores, soldadores, escaladores.

“A Ocyan deseja não apenas retornar na indústria offshore com esse novo contrato fechado com a Petrobras na bacia de campos, mas mesmo em tempo de desinvestimentos e pandemia queremos provar que estamos fazendo a nossa parte e trabalhando para alcançar os nossos objetivos.”, celebra Vinicius Castilho, diretor de contratos da área de Manutenção e Serviços Offshore da Ocyan.

 Principais atividades a serem realizadas

Aos interessados nas 700 vagas de emprego offshore na Ocyan devem ficar atento nas atividades a serem realizadas, tais como: planejamento e execução de campanhas de manutenção e paradas programadas; planejamento e execução de serviços de caldeiraria, soldagem, pintura, elétrica e instrumentação, manutenção de equipamentos e muito mais.

Confira todas as vagas de emprego disponíveis na Ocyan Clicando aqui!

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe