Início Obras do megaempreendimento da usina solar da Kroma Energia no Ceará serão iniciadas em janeiro, com 800 vagas de emprego garantidas

Obras do megaempreendimento da usina solar da Kroma Energia no Ceará serão iniciadas em janeiro, com 800 vagas de emprego garantidas

31 de julho de 2022 às 09:50
Compartilhe
Siga-nos no Google News
energia solar - usina solar - Ceará - empregos - geração de empregos - vagas de e emprego - vagas energia solar
Com investimento somado de R$ 782 milhões, mais de cinco parques solares no Ceará podem gerar 2,8 mil até o final da década empregos(foto: Divulgação)

O megaempreendimento da usina solar cearense será construído em Jaguaruana, no Vale do Jaguaribe, no estado do Ceará. A estimativa é de que sejam geradas centenas de novos empregos na região

O projeto da usina solar do grupo Kroma Energia, companhia de energia pernambucana, teve nesta sexta-feira (29) o anúncio de que suas obras terão início em janeiro de 2023. O megaempreendimento, que tem o potencial de 500 MW (Megawatts), receberá cerca de R$ 1,7 bilhão em investimentos, que serão divididos em duas etapas e que prometem gerar mais de 700 vagas de emprego.

Futura usina solar no Ceará promete gerar centenas de novos empregos na região do Jaguaribe

De acordo com o cronograma da Kroma Energia, o aporte será de R$ 860 milhões na primeira fase, que deverá ser concluída em meados de julho de 2024.

Artigos recomendados

Já para a segunda fase das obras, cuja previsão de conclusão está para meados de 2025, será aplicada a outra metade do investimento, também no valor de R$ 860 milhões.

Segundo a empresa de energia solar, o novo complexo irá abranger cerca de 8 usinas fotovoltaicas e vai gerar 800 novos empregos na região do Vale do Jaguaribe. O Ceará nos últimos anos vem se empenhando para se tornar um estado referência em geração de energia solar, assim como a Bahia.

Potencial energético do estado do Ceará

A empresa Kroma Energia passou a ver no estado do Ceará, especialmente nas cidades do interior, um alto e robusto potencial para investimentos a longo prazo. Desde o ano de 2018, no município de Quixeré, já funciona o Complexo de Apodi.

Em Apodi, há pelo menos meio milhão de painéis fotovoltaicos instalados pela Kroma Energia, em uma área que equivale a 400 campos de futebol. Ao todo, calcula-se que R$ 700 milhões foram investidos na construção do complexo gerador de energia solar no Quixeré.

Segundo a companhia energética, além do projeto de Jaguaruana, a Kroma também possui outra usina solar em fase final de elaboração, a ser anexada em seu portfólio de futuros empreendimentos. Esse projeto será aplicado também em Quixeré e terá o nome de Complexo Frei Damião.

Estima-se que o aporte de investimentos inicial será no valor de R$ 650 milhões, e o potencial enérgico é de 192 MW. Segundo a companhia de energia solar, a previsão é de que as obras se iniciem em 2025, gerando pelo menos 500 empregos.

Conheça a Kroma Energia

A Kroma Comercializadora de Energia é uma companhia completa em oferta de soluções energéticas, que conta com vários especialistas totalmente preparados para tratar sobre as tendências mundiais em destaque no setor.

A companhia Kroma possui uma visão moderna, que é aplicada à gestão, comercialização e geração de energia, além de trabalhar com geração e distribuição de energia de fontes renováveis, como a energia solar.

Com mais de 10 anos de história, a companhia é composta por tecnologia, expertise e otimização de investimentos, que proporcionam sempre a maior eficiência de energia, com o melhor custo-benefício do país, aos seus clientes. A Kroma Energia fica localizada em Pina, no Recife, Pernambuco.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes