Multinacional JCB anuncia 300 novos empregos e investimentos de R$ 120 milhões, em fábrica no estado de São Paulo

Roberta Souza
por
-
23-10-2021 08:58:01
em Indústria e Construção Civil
Fábrica – São Paulo – empregos Fábrica da JCB/ Fonte: G1




A JCB completou 20 anos de atuação no Brasil e anuncia investimentos de R$ 120 milhões para o triênio 2022 a 2024, na fábrica instalada em Sorocaba

A JCB do Brasil, uma das três maiores fabricantes de equipamentos para construção no mundo, como máquinas retroescavadeiras, entre outras, completa 20 anos de atuação no Brasil e anuncia investimentos de R$ 120 milhões para o triênio 2022 a 2024, na fábrica instalada em Sorocaba, no interior do estado de São Paulo. A fábrica em Sorocaba vai gerar cerca de 300 vagas de emprego ao longo do ano que vem. Confira ainda esta notícia: Em São Paulo, nova fábrica de componentes automotivos será construída. A unidade que abrirá 150 empregos, irá atender montadoras da região

Anúncio de novos investimentos na unidade, no interior do estado de São Paulo

Uma cerimônia realizada na tarde desta quinta-feira (21), na sede da fábrica, que fica no km 86,5 da rodovia Castelo Branco, marcou os 20 anos da empresa no Brasil. A fábrica da JCB instalada em Sorocaba atualmente tem capacidade de produção de 10 mil máquinas por ano.

Conforme o CEO da JCB no Brasil, José Luís Gonçalves, os recursos anunciados serão investidos na fábrica de Sorocaba ao longo dos próximos três anos: 2022, 2023 e 2024. “Como temos uma série de projetos em desenvolvimento no país e na América Latina, nós vamos colocar R$ 120 milhões em diferentes frentes, como na produção, lançamento de novos produtos, equipamentos e para aumentar nossa capacidade produtiva”, afirma.

Além disso, o CEO da empresa anunciou que, a partir de dezembro ou início de janeiro, a fábrica irá implantar o segundo turno na linha de produção de escavadeiras, o que deverá gerar cerca de 50 novas vagas de trabalho na cidade.

Geração de empregos na fábrica em Sorocaba

Conforme o executivo, a expectativa é de que a fábrica da JCB, em Sorocaba, gere cerca de mais 300 vagas de emprego, ao longo do ano que vem. “Em 2022, a expectativa é gerar mais 300 vagas, já que exportamos máquinas para mais de 20 países, incluindo toda a América Latina e Estados Unidos, com previsão de, em breve, atingirmos outros países”, aponta José Luís Gonçalves.

Ainda, conforme o CEO da JCB no Brasil, atualmente, a fábrica na cidade emprega cerca de 600 pessoas, entre empregados diretos e indiretos, e a unidade local produz, em média, cerca de 500 máquinas por mês. Mas por conta da pandemia da Covid-19 e da falta de suprimentos, por conta dos atrasos na questão da logística e do transporte, a produção mensal chega a ser afetada entre 10% a 30%.

Na fábrica na cidade, no estado de São Paulo, a JCB produz retroescavadeiras, minirretroescavadeiras, escavadeiras hidráulicas, pás-carregadeiras, miniescavadeiras, minicarregadeiras, manipuladores telescópicos e rolos compactadores para toda a América Latina. Com estimativa de crescimento para este ano de 50% comparado a 2020, a empresa atingiu a marca de 25 mil máquinas vendidas no país e segue investindo em tecnologia e na ampliação da produção. O CEO da JCB no Brasil disse ainda que a expectativa é crescer 20% em 2022 e seguir com os investimentos na fábrica de Sorocaba. “Vamos continuar agregando aos grandes setores produtivos do país, desde o desenvolvimento na infraestrutura de saneamento, logística, entre outros, até o agronegócio, que cada vez mais busca por equipamentos”, destaca.

Veja também: Alstom investirá R$ 80 milhões para ampliar produção em fábrica no interior de São Paulo. 750 novos empregos serão criados

A multinacional francesa Alstom anunciou uma ampliação nas operações na fábrica de Taubaté, no interior do estado de São Paulo. A empresa irá realizar um investimento de R$ 80 milhões para atender a fabricação de trens em projetos internacionais. Cerca de 750 novos empregos serão criados com o plano de ampliação da Alstom.

Para atender aos novos projetos, a Alstom está investindo cerca de 14 milhões de euros (R$ 80 milhões), em modernizações e adaptações da sua fábrica, com o objetivo de iniciar a produção dos novos projetos, a partir de 2022. Novas estruturas estão sendo erguidas no complexo de produção da empresa em Taubaté, no interior do estado de São Paulo, com previsão de entrar em operação no começo do ano que vem.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos