Mercedes-Benz passará a produzir seus próprios motores para carros elétricos

Roberta Souza
por
-
12-01-2022 17:38:09
em Automotivo, Veículos Elétricos
carros elétricos - Mercedes-Benz Foto: reprodução

A produção da Mercedes passará a vigorar a partir de 2024 e também acontecerá com as baterias para carros elétricos

Markus Shafer, Diretor de Desenvolvimento, declarou que a Mercedes-Benz está decidida quanto à produção de seus próprios motores para carros elétricos a partir de 2024. E a mesma atitude será tomada em relação às baterias, cujo fornecimento será confiado apenas a joint ventures que a companhia alemã ajudou a fundar. O diretor de desenvolvimento explicou essa nova estratégia do grupo de Stuttgart durante uma entrevista à revista alemã Automobilwoche.

Mais notícias:

Mudança na produção da Mercedes-Benz

Até o presente momento, os motores e os demais componentes de trem de força para os carros elétricos da Mercedes-Benz são comprados de outras empresas, como ZF ou Valeo. A partir de 2024, essa conjuntura não será mantida, não só para os modelos que serão criados na plataforma de MMA, a qual é reservada para os carros médios, mas também para aqueles que terão como base a plataforma EA, que é reservada para carros maiores. Ambos utilizarão os componentes produzidos pela própria Mercedes.

A mudança na forma de operar da Mercedes-Benz se deve, de acordo com Markus Schafler, ao fato de a empresa querer controlar todo o esquema de propulsão e, para isso, lidará diretamente com a bateria, motores, eletrônica de energia. Resumindo, para os carros elétricos, serão utilizados os mesmos processos que já ocorrem para os modelos de combustão interna. 

Durante o evento “Mercedes-Benz Strategy Update”, em outubro de 2020, a empresa já havia anunciado, em partes, a decisão de possuir um maior envolvimento na produção de sistemas de propulsão elétricos. No evento em questão, a Mercedes-Benz tornou pública a intenção da construção própria da próxima geração de motores elétricos para seus carros.

Naquele momento, imaginou-se que a companhia alemã estava se referindo somente aos carros reservados para a plataforma MMA. Contudo, atualmente sabe-se que essa decisão também é sobre as unidades que se dedicam à EA.

Planos para o futuro

A expectativa é de que, para os próximos anos, a Mercedes pretenda utilizar os motores tradicionais para os modelos mais utilizados, e opte por aqueles que são mais sofisticados motores de fluxo radial Yasa em carros de primeira linha.

Já no que diz respeito às baterias, os planos ainda não foram divulgados com detalhes, porém sabe-se que a Mercedes-Benz irá aproveitar ao máximo a participação que possui na ACC, que é uma empresa que se dedica a baterias, e que a Mercedes é atualmente acionista com um total de 33% de participação.  

Sobre a Mercedes-Benz

A Mercedes-Benz é uma marca de automóveis alemã criada em 1924, a partir de uma fusão entre Benz e Cie. A empresa é a mais antiga montadora de carros comerciais da Alemanha e do mundo

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe