Mais de 50 trabalhadores do Comperj foram demitidos por baterem o ponto 15 minutos antes do fim do expediente

Comperj RJ trabalhadores empregos Petrobras

Segundo fontes, os colaboradores fecharam o ponto eletrônico às 16 horas no Comperj, em Itaboraí. A chefia optou pela dispensa imediata dos funcionários

Na última semana no Comperj, mais especificamente a partir do dia 8 de novembro, aconteceu um fato que acabou desencadeando a dispensa de mais de 50 trabalhadores que estavam atuando nas obras do empreendimento. Este artigo é baseado no relato de um colaborador que atua no projeto, apesar do Click Petróleo e Gás confiar na fonte, ressaltamos que não se trata de sensacionalismo ou informação sem fundamento.

Transcrição do relato acontecido no Comperj

“Na última sexta feira passada (8 /11/19) vários colaboradores saíram de seus setores para bater o ponto de saída. Sendo que ainda era 16:00 e o deslocamento de alguns setores são distante até o relógio de ponto . Sendo que só é permitido a batida de ponto às 16:15 em diante nas sextas e sábados, feriados … Em dias normais são às 17:15.

“Daí com tanta gente no local erradamente , a chefia achou melhor como punição a dispensa dos funcionários , sendo que eram mais de cinquenta de todas áreas até mesmo encarregado dando o mal exemplo.
Segunda (11/11/19)começaram as dispensas dos funcionários, com mais de 50 que seria no Sábado”, conclui o colaborador em mensagem enviada a nossa equipe.

Veja também

É importante informar que apesar destas dispensas no Comperj, já estavam ocorrendo redução de mão de obra, principalmente da área civil. Isso acontece porque o empreendimento está em fase avançada e a redução do quadro de trabalhadores é natural nestes caso. Por tanto, de uma forma ou de já haveria dispensa naturalmente. Até onde sabemos, todos os direitos trabalhistas foram respeitados.

A Toyo Setal assina com a Petrobras e vai concluir as obras de utilidades do Comperj

Enquanto um setor sofre redução, outro surge para complementar ou completar a obra. É o caso da Toyo Setal que assinou com a Petrobras em outubro de 2019 para obras de utilidades no Comperj. O CPG fez uma matéria com exclusividade no dia 3 daquele mês, há informações completas e o e-mail correto de candidatura aqui.

Paulo Nogueira

About Paulo Nogueira

Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, com experiência no setor O&G em empresas nacionais e internacionais.