IHM Stefanini participara da construção do primeiro submarino nuclear brasileiro

submarino brasileiro IHM Stefanini Prosub
 

Engenheiros da  IHM Stefanini viajarão para França para adquirir expertise e atuarem no projeto de submarinos brasileiros PROSUB, fazendo a indústria naval nacional se reposicionar nesta modalidade de projetos

IHM Stefanini anunciou sua participação na construção do primeiro submarino nuclear brasileiro, o SN Álvaro Alberto. O projeto faz parte do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), estabelecido em 2008 por meio de um acordo de transferência de tecnologia firmado entre Brasil e França.

A coordenação do projeto será feita pela Naval Group, referência mundial em defesa naval. A IHM Stefanini foi a escolhida em meio a mais de 70 empresas, por meio de rigorosas avaliações e auditorias que, além da competência técnica, consideraram também a capacidade de gerir projetos de alta complexidade.

O projeto prevê a concepção do sistema IPMS (Integrated Platform Management System), fornecimento de painéis, configuração dos PLCs, redes e sistemas de cybersecurity. Um grupo de engenheiros da IHM Stefanini receberá treinamento durante quatro meses na França, no centro de excelência em equipamentos navais do Naval Group.

Apenas seis países no mundo possuem submarinos nucleares: EUA, Rússia, China, Reino Unido, França e Índia. Ajudar o Brasil a entrar nesse seleto grupo envolve grande responsabilidade, e é também uma honra e um reconhecimento da qualidade do trabalho desenvolvido.

Envie seu currículo à IHM Stefanini ⇒  Na verdade é bem fácil e rápido cadastrar seus currículos, basta entrar no site de recrutamento oficial aqui e enviar o CV’s, não leva mais do que 30 segundos. A Stefanini  atua muito forte as indústrias de mineração, siderúrgica, papel celulose, energia, alimentos, cimentos, saneamento,  petróleo e gás.

O PROSUB

O PROSUB prevê a construção de quatro submarinos de propulsão convencional (Diesel-elétrico) e um de propulsão Nuclear, o primeiro a ser fabricado deste tipo, no Brasil.
O humaitá é o segundo dos quatro e deverá estar pronto até o final do ano de 2022.

O primeiro submarino do programa foi lançado ao mar em 14 de dezembro do ano passado e foi batizado de Riachuelo (S40) e a previsão de sua prova de mar é para este ano.
A prova de mar do Humaitá (S-41) está previsto para 2020, o Tonelero (S42) em 2021 e o Angostura (S43) em 2022.  Fonte: IHM Stefanini


Baixem também o aplicativo  Empregos e Noticiais CPG para Android na Playstore clicando aqui. Nele postamos informações e oportunidades exclusivas todos os dias.

Gostaria de compartilhar uma foto conosco da sua área de trabalho, vagas de empregos ( com as fontes), sugestões de pautas ou alguma outra informação importante do ramo de energia e empregabilidade? Entre em contato com a gente no Messenger aqui.

Sobre Paulo Nogueira

Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás em operações de completação, perfuração e produção em empresas em parceria com grandes empresas multinacionais do setor.