Grupo Mubadala arremata da Petrobras por 1,65 bilhão de dólares a refinaria RLAM, na Bahia

Flavia Marinho
por
-
08-02-2021 12:34:11
em Petróleo, Óleo e Gás
Bahia - Petrobras - refinaria - Mubadala

Além da RLAM na Bahia, a Petrobras recebeu propostas vinculantes para venda da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (REPAR), no Paraná

A Petrobras informou em fato relevante na manhã deste dia (08/02) que concluiu a fase de negociação com o Grupo Mubadala no âmbito do processo para desinvestimento da Refinaria Landulpho Alves (RLAM) e seus ativos logísticos associados, na Bahia. Procurando emprego? Shell procura jovens entre 20 e 34 anos que residam no Rio de Janeiro, com ensino médio completo e que tenham mentalidade e comportamento empreendedor

ANÚNCIO

Leia também

Segundo o informe da Petrobras, o Mubadala Capital apresentou a melhor oferta final, no valor de US$ 1,65 bilhão. A assinatura do contrato de compra e venda ainda está sujeita à aprovação dos órgãos competentes.

Outros desinvestimentos da Petrobras além da RLAM – Bahia

A Petrobras recebeu também propostas vinculantes para venda da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (REPAR), no Paraná, mas decidiu pelo encerramento do processo, uma vez que as condições das propostas apresentadas ficaram aquém da avaliação econômico-financeira da Petrobras.

Assim, a estatal iniciará tempestivamente novo processo competitivo para essa refinaria.

Também continuam em andamento visando a assinatura dos contratos de compra e venda, os processos competitivos para venda:

  • Refinaria Alberto Pasqualini (REFAP), no Rio Grande do Sul
  • Refinaria Isaac Sabbá (REMAN), no Amazonas
  • Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco
  • Refinaria Gabriel Passos (REGAP), em Minas Gerais
  • Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (LUBNOR), no Ceará
  • Unidade de Industrialização do Xisto (SIX), no Paraná.

A Petrobras reforça o seu compromisso com a ampla transparência de seus projetos de desinvestimento e de gestão de seu portfólio e informa que as etapas subsequentes serão divulgadas ao mercado.


⇒ Participe dos nossos grupos do Telegram e fique atento a todas as notícias do mercado de energia, empregos, projetos e outros assuntos microeconômicos do Brasil. Nossas informações sempre são direto das fontes e atualizadas. Acesse o Nosso Telegram aqui.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.