Engevix sai da “lista negra” e quer retomar os negócios com a Petrobras ainda este ano

Flavia Marinho
por
-
02-10-2020 15:57:35
em Petróleo, Óleo e Gás
Engevix petrobras ecovix Lava-Jato fica para trás. Engevix sai da “lista negra” e volta a negociar com Petrobras; expectativa é que os negócios retomem ainda em 2020

Lava-Jato fica para trás. Engevix sai da “lista negra” e volta a negociar com Petrobras; expectativa é que os negócios retomem ainda em 2020

Nova Engevix recebe sinal verde da Petrobras e já pode concorrer as licitações da estatal. A empresa demorou quase um ano para sair da “lista negra” da petroleira. Em novembro de 2019 a empresa assinou um acordo de leniência de 516 milhões de reais e aguardava desde então a liberação. Em projetos Petrobras, Infotec recebe currículo neste dia (02) para vagas de emprego de nível médio e superior em Macaé, RJ, MG, BA, ES , GO, AM e PE

Leia também

Com um programa de compliance que atende à todas as exigências, agora o próximo passo da Engevix é iniciar o processo de requalificação da empresa dentro da Petrobras de modo a tornar-se, uma fornecedora fixa.

De acordo com o diretor de Desenvolvimento de Negócios da Engevix, Luiz Fernando Pugliesi, o aval da Petrobras está criando expectativa para a construtora, que já está traçando fechar ainda neste ano o seu primeiro contrato depois do desbloqueio.

“O ano de 2020 marca o recomeço efetivo do posicionamento da Nova Engevix no mercado. Até o final do ano, vamos brigar para ter um contrato na área de óleo e gás. Para 2021, estamos otimistas para construir uma carteira de contratos nesse setor”, declarou.

Atualmente o foco de interesse da Nova Engevix com a Petrobras é fazer negócios na área de refino e gás natural. Em geral, unidades industriais e de processo, tratamento de gás, processos dentro de refinarias, REVAMP de unidades e área de dutos.

Especificamente falando do mercado de gás natural, a empresa almeja algumas oportunidades com outras empresas como, por exemplo, a Shell. Como é de conhecimento do mercado, a Petrobras assinou recentemente um acordo possibilitando o uso das infraestruturas do sistema de escoamento e processamento de gás natural por outras companhias.

A atividade de descomissionamento também desperta interesse na construtora que está de olho em uma unidade da Petrobras no Terminal de Cabiúnas. Segundo a empresa, a estatal chegou anunciar essa concorrência, mas foi postergada.

“Até o final do ano, vamos brigar para ter um contrato na área de óleo e gás. Para 2021, estamos otimistas para construir uma carteira de contratos nesse setor”. diz Pugliesi

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.