Empresa norte-americana New Fortress Energy retoma acordo de 15 anos com a Alunorte para comercialização de GNL no Pará

Valdemar Medeiros
por
-
18-04-2021 11:14:39
em Petróleo, Óleo e Gás
norte-americana - Pará - Alunorte - GNL Transporte de GNL Alunorte – Fonte: Alunorte

A norte-americana New Fortress Energy volta com o acordo cancelado em outubro do ano passado com a Alunorte Alumina para comercializar GNL em Barcarena, no Pará

A empresa norte-americana, New Fortress Energy (NFE), retorna o contrato, cancelado em outubro do ano passado, e irá fornecer gás natural liquefeito (GNL), para a Alunorte Alumina, subsidiária da Norsk Hydro em Barcarena, no Pará. Foi divulgado, nesta quinta-feira (15), um memorando de entendimento (MOU) com a Alunorte, no Pará, para suprimento de GNL por 15 anos a partir de 2022.

Leia também

Segundo o Chairmaan e CEO da New Fortress Energy, Wes Edens, a norte-americana está animada com a parceria a longo prazo e satisfeita por contribuir com a Hydro na mudança da refinaria Alunorte, no Pará, para uma energia mais acessível e menos poluente.

A Hydro, no Pará, está convertendo parte da geração de vapor e o processo de calcinação da Alunorte, que antes era de óleo combustível e passará para gás natural, resultando na redução de aproximadamente 20%, de acordo com comunicado da norte-americana.

O acordo entre a Alunorte e New Fortress Energy

Uma quantidade mínima de gás natural deve ser entregue a partir do terminal de regaseificação de GNL que será instalado no Pará, de acordo com o memorando. O acordo proposto atualmente está sujeito à documentação final e as empresas irão trabalhar em conjunto para finalizar seus acordos comerciais.

Os envolvidos no acordo original eram a Norsk Hydro, Golar LNG e as Centrais Elétricas de Barcarena (Celba). Em janeiro, a norte-americana fechou contratos com a intenção de comprar a Hygo Energy (Golar Power), e uma operação de US$. Consequentemente, ela assumiu o controle do principal player do Brasil para comercialização GNL e infraestrutura.

Norte-americana e operação de US$ 5 bilhões

A NFE comunicou também a conclusão do aquirimento da Golar LNG Partners LP e da Hygo Energy.

Segundo o CEO da norte-americana, essas operações enriquecem os seus esforços para oferecer mais energia limpa ao redor do mundo. Com essa aquisição, a NFE é a líder de gás e energia em um mercado em rápido crescimento e também uma das principais empresas de transição energética no mundo.

Sendo assim, a NFE assume a unidade flutuante de armazenamento e regaseificação e 50% de participação no Porto de Sergipe, com a termelétrica de 1500 MW, fazendo com que as transações juntas estejam avaliadas em US$ 5,1 bilhões de enterprise value e em US$ 2,43 bilhões de equity value.

Vantagens do uso do GNL

Sendo uma ótima energia de transição para vários países, como o Brasil, o GNL apresenta uma série de vantagens. Ela é uma fonte de energia com grande valor, chegando a competir com o diesel, etanol e gasolina.

Ele pode ser facilmente trocado pelo diesel no uso do combustível para caminhões e navios, ou seja, o GNL é um substituto excelente como combustível no setor de transporte. Já no setor elétrico, ele possui um preço médio ainda maior, tendo em vista que as fontes renováveis também diminuíram os preços ao longo dos anos.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.