Empreiteira de perfuração offshore Seadrill conquista contratos de US$ 549 milhões com a Petrobras, no campo de Búzios

Roberta Souza
por
-
27-11-2021 11:04:27
em Petróleo, Óleo e Gás
Petrobras, Seadrill, contrato, offshore Foto: reprodução google. Sonda West Tellus, Seadrill

A Seadrill Limited conquistou dois contratos no valor de US$ 549 milhões da Petrobras, para as sondas West Carina e West Tellus, que trabalharão no campo de Búzios

Ontem, a especialista em perfuração offshore Seadrill informou sobre a conquista de dois contratos milionários com a Petrobras, para obras no campo de Búzios. Os dois contratos, no valor de US$ 549 milhões são para as plataformas West Carina e West Tellus, que devem dar início aos trabalhos em setembro de 2022.

Veja ainda:

Stuart Jackson, CEO da Seadrill, comentou: “O Brasil é um mercado estrategicamente importante para o setor offshore e estou satisfeito que a Seadrill continuará a desempenhar um papel cada vez mais significativo nos próximos anos.”

O valor total do contrato para os novos contratos é de aproximadamente US$ 549 milhões, incluindo receita de mobilização e serviços adicionais.

A Seadrill confirmou que ambos os contratos foram assinados em uma base de prazo fixo de três anos. As plataformas West Carina e West Tellus devem começar a trabalhar para a Petrobras em setembro de 2022.

Navios de perfuração contratados

West Carina é um navio de perfuração em águas ultraprofundas de sexta geração, que foi construído em 2014. Por outro lado, West Tellus foi construído em 2013 pelo estaleiro Samsung na Coreia do Sul. Este é um navio-sonda DP3 de sexta geração classificado para 3.600 metros de lâmina d’água.

Anteriormente, a empresa fechou um acordo offshore para o navio sonda West Tellus em novembro de 2019 e o contrato deveria terminar em dezembro deste ano. No entanto, devido ao pedido da Petrobras de uma rescisão antecipada do negócio, a plataforma deveria estar funcionando para a Petrobras até setembro de 2021 sob uma taxa de US$ 211.311 por dia.

A Seadrill conseguiu ganhar um contrato para dois poços e trabalho de intervenção adicional mais dois poços opcionais com a Shell Brasil, em continuação direta do contrato anterior da Petrobras. Portanto, a duração do contrato com a Shell para este navio sonda é de outubro de 2021 até o final de janeiro de 2022.

Operações offshore no Brasil

Matt Lyne, vice-presidente executivo, diretor comercial e de estratégia da Seadrill, disse: “A Seadrill tem uma longa história e um histórico de sucesso de operação em ambientes benignos e adversos e em bacias estratégicas onde vemos potencial de crescimento contínuo, como o offshore do Brasil”.

Na semana passada, a Seadrill revelou sua nova estrutura de conselho, incluindo o ex-CEO da Noble e CEO da Subsea 7, enquanto a empresa se prepara para emergir da concordata do Capítulo 11, que começou em fevereiro de 2021.

A empresa elaborou seu plano de reorganização com seus credores em julho de 2021 e recebeu a confirmação do plano em 26 de outubro de 2021. A empresa agora tem como meta emergir no início de 2022, ao contrário das expectativas anteriores de que isso aconteceria no quarto trimestre de 2021.

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos