Embraer firma parceria com a EDP Brasil, para o desenvolvimento de seu primeiro avião elétrico

Roberta Souza
por
-
22-11-2020 10:08:09
em Economia, Negócios e Política
Embraer, avião, elétrico Avião elétrico Embraer

Parceria entre a Embraer e a EDP Brasil tem como objetivo a pesquisa de aviões elétricos, para o desenvolvimento de novas soluções de tecnologia

No último dia 20, a Embraer – fabricante brasileira de aviões, e a EDP Brasil, do setor elétrico, anunciaram parceria para pesquisa de aviões elétricos. A parceria contribui para a aquisição de soluções de tecnologia de armazenamento e carregamento de energia para aeronaves de demonstração com tecnologia de propulsão 100% elétrica. O protótipo está em teste e é previsto que realize o primeiro voo em 2021.

Confira ainda outras notícias do dia:

A parceria entre as duas empresas ajudará a estudar a aplicabilidade de baterias de alta tensão em sistemas de propulsão elétrica de aeronaves de pequeno porte, bem como avaliar suas principais características operacionais, como peso, sua eficiência e qualidade de energia, controle e gerenciamento térmico, carga e descarga e o ciclo de segurança operacional.

Segundo a fabricante de aeronaves, a parceria é uma continuação do projeto de eletrificação da aviação que a Embraer iniciou em cooperação com a WEG em maio de 2019. Na parceria firmada com a EDP, o escopo é o estudo do armazenamento de energia em alta tensão como complemento às pesquisas em andamento da Embraer.

A parceria dessas empresas visam aumentar a compreensão das tecnologias necessárias para o uso e integração de baterias e motores elétricos, para melhorar a eficiência energética dos sistemas de propulsão de aeronaves.

Luís Carlos Affonso, vice-presidente de engenharia e estratégia corporativa, “O histórico de realização de parcerias estratégicas por meio de mecanismos ágeis de cooperação faz da Embraer uma das empresas brasileiras que mais estimula redes globais de conhecimento que permitem um significativo aumento de competitividade do país”.

Já o presidente da EDP no Brasil, Miguel Setas, ressalta que “A parceria com a Embraer no desenvolvimento do seu primeiro avião demonstrador de tecnologia de propulsão 100% elétrica representa uma nova fronteira do nosso investimento em mobilidade elétrica, contribuindo para posicionar o Brasil como um player de ponta neste mercado”.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos