Eletricz lança bike elétrica com design arrojado de apenas 32kg e autonomia de até 160 Km

Luciana Ramalhao
por
-
24-11-2021 08:46:25
em Veículos Elétricos
bike elétrica, bicicleta elétrica Imagem: Nova bicicleta elétrica T20 fabricada pela Coswheel. Fonte: Eletricz

Conheça a nova bicicleta elétrica da Coswhell, lançada pela Eletricz, que atinge 45Km/h e até 160Km de autonomia e saiba o porque o Brasil bate recorde de vendas de bike elétrica em 2021

Acaba de chegar no mercado brasileiro a nova bicicleta elétrica Fat Bike Coswheel T20, da Eletricz. O novo modelo oferece ótimo desempenho, design arrojado, velocidade máxima de até 45 km/h, autonomia de até 160 quilômetros e pesa apenas 32 kg. Os preços de mercado dela começam a partir de R$ 11.691,00, à vista.

Leia também

Assista este vídeo que mostra uma análise da bike elétrica T20 pela primeira vez no Brasil

Análise da bike elétrica T20 – Pela primeira vez no Brasil

Seguno do CEO da Eletricz, Márcio Canzian, o novo modelo de bicicleta elétrica é ideal para o público que busca tecnologia de ponta e deseja uma mobilidade ecologicamente correta e sem congestionamentos. A nova Fat Bike Coswheel T20 é o que existe de mais moderno e arrojado no mercado global de bikes eletrificadas e que pode ser oferecido para o consumidor brasileiro.

A bike elétrica T20 é o modelo ideal tanto para percursos na cidade quanto em percursos off-roads. Ela oferece grande conforto na condução, garantidos pelos seus pneus com 20 polegadas e 4 centímetros de largura, cravejados, que garante grande aderência em terrenos acidentados, e consequentemente, maior controle na direção.

Seu quadro foi construído com liga de alumínio altamente resistente  e ao mesmo tempo leve. A bicicleta elétrica pesa apenas 32kg. Dentro desse quadro está instalada a bateria, num compartimento que pode ser trancado pelo usuário, conferindo maior segurança para a bike.

Há duas opções de baterias: 48V e 10Ah, na versão de entrada, e 48V e 20Ah, na versão Plus, o que confere uma autonomia para a bicicleta elétrica que pode chegar até a 80 ou 160 quilômetros, respectivamente, no modo assistido. Essas baterias levam, em média, cerca de 4h30 para serem completamente recarregadas e você pode removê-las e carregar dentro de casa em uma tomada comum.

A bike elétrica T20 vem equipada com um painel de instrumentos em LCD, onde você irá encontrar todas as informações importantes de navegação, como hodômetro total e parcial, nível da bateria e velocidade – que pode ser ajustada para três níveis: “eco”, “intermediário” e “high speed”. 

Na configuração high speed, a bicicleta elétrica é capaz de atingir até 45 km/h de velocidade máxima com total segurança, graças ao seu motor de 500 W e o baixo peso.

A nova bike elétrica está disponível, exclusivamente, na cor cinza. Ela é equipada com câmbio Shimano de sete marchas, full suspension e porta-objetos. Além disso, ela conta com freios a disco na dianteira e na traseira e é capaz de transportar até 120 kg de peso.

Vendas de bike elétrica bate recorde no Brasil

Segundo dados da Associação Brasileira do Setor de Bicicletas (Aliança Bike),os negócios desse setor devem fechar o ano com alta de 34% em relação ao ano passado, atingindo um volume total de 43 mil bicicletas elétricas comercializadas. 

Diante deste cenário, 2021 já é o ano que mais se vendeu bicicletas elétricas no mercado brasileiro até hoje. No total, já são cerca de 70 milhões de bicicletas elétricas e convencionais rodando atualmente pelo país.

Conheça mais sobre a empresa Eletricz, que está por trás desta tecnologia

A Eletricz, distribuidora brasileira especializada na mobilidade elétrica, acaba de lançar no mercado brasileiro a nova bicicleta elétrica Fat Bike Coswheel T20. A empresa iniciou suas operações em julho de 2018 com a missão de promover a locomoção de curta e média distância, incentivando a valorização da vida ao ar livre, a apropriação saudável das vias públicas e a mudança para um estilo de vida mais saudável, divertido e econômico. 

A empresa comercializa monociclos, patinetes e bicicletas elétricas, desenvolvendo os mais avançados veículos elétricos portáteis. Além disso, ela desenvolve projetos e ações para difundir e incentivar este novo perfil de mobilidade urbana.

Tags:
Luciana Ramalhao
Arquiteta e Urbanista e Mestre em Planejamento e Desenvolvimento Urbano Regional. Conhece inúmeros projetos distribuídos em quase 20 países pelos quais já visitou. Além da construção civil, atua como pesquisadora científica e copywriter. Atualmente mora no Canadá, onde está fazendo mais uma especialização.
fwefwefwefwefwe