Economista diz que STF julga causas da Petrobras sem conhecimento: ‘ministros julgam por meio de orelhada’

Valdemar Medeiros
por
-
09-10-2020 13:23:36
em Economia, Negócios e Política
STF - economista - Petrobras Cláudio Oliveira – ex economista da Petrobras




O economista aposentado da Petrobras Cláudio Oliveira condenou a decisão do Supremo Tribunal Federal  – STF  

O STF havia anteriormente permitido a venda das refinarias da Petrobras sem o aval do Congresso Nacional, o economista questionou o entendimento dos ministros da Corte a respeito do tema.

Leia também

Ex-economista da Petrobras condena decisão do STF e destaca a importância da Estatal para o Brasil  

Cláudio Oliveira comentou a importância da estatal para o nosso país e seus principais momentos em 67 anos de história, completados no último dia 3. A Petrobras é grande geradora de empregos diretos. Ela, com suas subsidiárias e coligadas, forma o Sistema Petrobras, com um efetivo de 86108 empregados. (PETROBRÁS – Relatório da Administração – 2013).  

O número de empregos indiretos, vinculados à indústria do petróleo, é difícil de estimar com precisão, mas, certamente, deve ser da ordem de milhões. Somente a atividade de revenda de combustíveis, exercida por pequenos e médios empresários brasileiros, em mais de 40 mil postos de serviço, mantém ativos mais de 400 mil trabalhadores.

Cláudio Critica a decisão do STF na venda das reinarias  

O ex-economista da Petrobras afirma que já esperava por isso e em um momento anterior já havia ate previsto tal acontecimento em relação ao STF. “Aquilo que podemos perceber durante o julgamento do Supremo tribunal de justiça foi algo deplorável, uma parte dos ministros julgam por meio de orelhada e nem mesmo conhecem o assunto e isso é muito grave”’ finaliza Cláudio Oliveira

Cláudio Oliveira cita a importância do General Júlio Caetano Horta Barbosa para a Petrobras  

Foi o do General Júlio Caetano Horta Barbosa, primeiro presidente do Conselho Nacional do Petróleo, órgão criado por meio do Decreto-Lei nº 395, de 29 de abril de 1938. Foi sob a direção do General Horta Barbosa que o Conselho Nacional do Petróleo descobriu as primeiras jazidas de petróleo do Brasil, na região do Município de Lobato, na Bahia, em 1939.

Cláudio discute que o general merecia ser mais reconhecido, mas que no fim não ficou tão popular quanto pessoas que não desempenharam um papel tão importante quanto.

Economista fala sobre quais serão os Desafios para a Petrobras nos próximos anos

Ao ser questionado a respeito de quais seriam os  principais desafios para a líder de mercado nos próximos anos, Cláudio foi direto ao assunto e disse: “ Atualmente eu vejo a Petrobras como um organismo ao qual está instalado um câncer em fase de metástase evoluindo para destruir o corpo, mas poucos brasileiros percebem isso.”

O ex-economista da Petrobras acredita que a atual situação seja quase irreversível, mas ainda tem esperanças de que tudo poderá voltar ao “normal” em um futuro próximo. A sina da Petrobras –  criada pelo e para o povo, sendo furtada para o mercado.

O povo e a economia brasileira precisam de uma Petrobras que atenda às necessidades de consumo de derivados em todos os seus rincões e com os menores preços possíveis. De forma inversa, nas mãos do mercado, será dada prioridade às regiões mais rentáveis e sempre com os maiores preços possíveis.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.