Início Duas gigantes da aviação anunciam o corte de 30 mil empregos após fracasso de negociações com governo

Duas gigantes da aviação anunciam o corte de 30 mil empregos após fracasso de negociações com governo

1 de outubro de 2020 às 09:35
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Duas gigantes da aviação anunciam o corte de 30 mil empregos após fracasso de negociações com governo
Aeronaves da American Airlines/Imagem: Divulgação

Em virtude da pandemia, as companhias de aviação American Airlines e United pedem ajuda do governo norte-americano para evitar a demissão de 30 mil empregados

A American Airlines informou que irá começar a demitir 19 mil trabalhadores a partir desta quinta-feira (01), enquanto a United afirmou que cortará aproximadamente 13 mil empregos. A decisão ocorre depois das companhias de aviação e o governo norte-americano não chegarem a um consenso para garantir ajuda governamental ao setor aéreo, em crise devido à pandemia da Covid-19.

Leia também

De acordo com o diretor executivo da American Airlines, Doug Parker, em carta dirigida aos colaboradores, poderá haver a recontratação, caso os dirigentes republicanos e democratas chegarem a um acordo em Washington nos próximos dias.

O setor de aviação continua abalado pela crise provocada em virtude da pandemia da Covid-19 e parece estar longe de rotornar ao seu patamar anterior. Segundo dados oficiais apresentados pelo G1, a quantidade de passageiros que passam pelo controle de segurança nos aeroportos dos Estados Unidos sofreu uma redução entre 60% e 70% em relação ao mesmo período do ano passado.

Nesta quarta-feira (30), o chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows, disse que o governo americano se comprometeu a incluir uma extensão de US$ 20 bilhões na ajuda para o setor de aviação em uma nova proposta de estímulo para os democratas da Câmara no valor de mais de US$ 1,5 trilhão.

Para preservar os empregos por mais tempo, as empresas de aviação norte-americana haviam pedindo outros US$ 25 bilhões em auxílio a pagamento de salários.

O valor total da última proposta da Casa Branca não foi divulgado, mas segundo o chefe de gabinete deverá ficar acima da marca de US$ 1,5 trilhão que havia sido apresentada anteriormente.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes