Desinvestimento – Por R$ 178,8 milhões, Petrobras realiza venda de refinaria no estado do Paraná

Roberta Souza
por
-
12-11-2021 15:19:45
em Refinaria e Termoelétrica
Petrobras - refinaria - venda Unidade de Industrialização do Xisto/ Fonte: O Globo

Localizada no município de São Mateus do Sul, a refinaria da Petrobras foi vendida à Forbes & Manhattan Resources (F&M Resources)

Na quinta-feira (11/11), a Petrobras publicou um comunicado informando que fechou um contrato com a empresa Forbes & Manhattan Resources (F&M Resources), pela venda de uma refinaria localizada no município de São Mateus do Sul, no estado do Paraná. O empreendimento Unidade de Industrialização do Xisto (SIX), foi vendido pelo valor de R$ 178,8 milhões. Leia ainda esta notícia: Petroleiros pedem suspensão à Justiça, pela venda da Refinaria Isaac Sabbá (REMAN), no estado do Amazonas

Desinvestimento de outra refinaria pela Petrobras 

No comunicado publicado pela Petrobras, a estatal ressalta que a venda da refinaria no estado do Paraná está em entendimento com a Resolução nº 9/2019 do Conselho Nacional de Política Energética, no qual estabelece que as diretrizes para promover a livre concorrência nas atividades de refino do país, como parte do compromisso de abertura da indústria de refino do Brasil, firmado entre Petrobras e CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). 

A maior petroleira do Brasil ainda comunica que o conselho de administração da companhia aprovou o processo de desinvestimento da refinaria no Paraná, seguindo estritamente o sistema de desinvestimento aprovado pelo Tribunal de Contas da União (TCU). O projeto de desinvestimento da refinaria SIX (Unidade de Industrialização Xisto), foi aprovado pela Petrobras em todos os níveis de governança corporativa.

O diretor de Refino da Petrobras, Rodrigo Costa, disse a importância da assinatura do contrato da venda da refinaria. Segundo ele, essa operação fortalece a estratégia de reposicionamento da atividade de Refino na Petrobras, e trata-se de um passo importante no cumprimento do compromisso que firmaram com o CADE, pois este é o terceiro contrato de venda de unidades do Refino que assinaram em 2021.

Além da unidade no Paraná, a estatal vendeu mais duas refinarias durante o ano

Concluído o processo de desinvestimento das três unidades de refino (RLAM, REMAN e SIX) que a Petrobras assinou os contratos de venda neste ano de 2021, a estatal ainda responderá por cerca de 50% do abastecimento do mercado brasileiro de combustíveis. Além da companhia e dos novos operadores dessas refinarias, o mercado também é atendido por importadores e produtores de biocombustíveis.

Essa ação reafirmou o compromisso da Petrobras com a implementação de seu plano de desinvestimento. No segmento das refinarias, a estatal define os ativos a serem vendidos por meio de uma gestão estratégica de portfólio. Nesse processo, a Petrobras está reduzindo os investimentos para fazer mais e melhores investimentos, com foco em novos desafios, como as áreas das águas profundas e ultraprofundas, e inovação tecnológica nos demais parques de refinaria. A empresa está investindo, transformando recursos em riqueza e trazendo benefícios para toda a sociedade.

O presidente da F&M, Stan Bharti, ressalta que a SIX continuará a ser um contribuinte e empregador significativo na região onde opera, apoiando o bem-estar da comunidade local. “A empresa planeja destinar toda atenção e recursos para garantir a manutenção da excelência da atual operação além de explorar opções de futura expansão das atividades da SIX, sem deixar garantir que a mesma opere de acordo com os mais altos padrões internacionais, sem interrupção, por muitas décadas. Sempre apoiaremos as comunidades locais onde os projetos estão localizados e a Forbes espera apoiar a região ao redor das instalações da SIX”.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos