MENU
Menu
Início Governadora do RN vai até a Dinamarca apresentar estado como grande produtor de energia renovável e buscar novos investimentos para fomentar empregos e renda

Governadora do RN vai até a Dinamarca apresentar estado como grande produtor de energia renovável e buscar novos investimentos para fomentar empregos e renda

12 de novembro de 2021 às 10:35
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
RN - governadora - energia renovável - energia limpa - investimentos - empregos - renda
Fátima se reúne com Agência de Energia e industriais e fundos de investimento em busca de cooperação para ampliar a matriz energética do Rio Grande do Norte – créditos: Governo Do RN

Pensando em apresentar o potencial do RN, a governadora do estado viajou até a Dinamarca em busca de novos investimentos em energia renovável

A governadora do RN, Fátima Bezerra, esteve presente no Latin American Business Fórum, feito pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, Copenhagen Business School e Confederação da Indústria Dinamarquesa nesta quarta-feira (10), na Dinamarca. Na ocasião a governadora afirmou que não esteve lá por acaso, mas para fazer o RN, o Nordeste e o Brasil progredirem com investimentos em energia limpa. O estado e a Dinamarca possuem várias coisas em comum no quesito buscar fontes sustentáveis.

Leia outras notícias relacionadas

RN conta com 201 parques de energia eólica em operação

No evento, que tem como objetivo promover o comércio e investimentos entre a Dinamarca e países da América Latina, Fátima apresentou potencialidade para geração de negócios e investimentos no RN, principalmente geração de energia renovável, setor que o estado é líder no Brasil.

O RN utiliza cinco, das sete fontes de energia no Brasil, com predominância na eólica. Ao total são 201 parques em operação atualmente, 44 sendo construídos e mais 77 contratados. Segundo Fátima, o governo está incentivando e atuando para que o Rio grande do Norte avance na instalação de usinas de energia eólica offshore. O Brasil ainda não é um grande produtor offshore, uma tecnologia que a Dinamarca é dominante.

Ao detalhar as oportunidades de investimentos para empresas nacionais e estrangeiras, Fátima enfatizou que o RN está criando estudos para infraestrutura portuária para produção de hidrogênio, Eólica Offshore, amônia verde e e-metanol. A capacidade instalada nesses investimentos soma 11,9 GW. Somente o potencial para a geração de energia limpa no mar é estimado em 140 GW, o que equivale a uma geração dez vezes que a de Itaipu.

Rio Grande do Norte é um dos estados brasileiros que mais incentivam o uso de energia renovável

Fátima Bezerra: “vamos trazer investimentos para gerar empregos” – créditos: Tribuna do Norte/Reprodução

Fátima afirmou que o governo assinou acordos essenciais com empresas de energias sustentáveis com a missão de instalar e desenvolver o polo de energia limpa e o hub de produção, armazenamento e exportação de amônia verde e hidrogênio.

Além disso, destacou que deseja estreitar laços entre o Brasil e a Dinamarca para a troca de experiências que auxiliam na formulação de planos de ampliação de respeito ao meio ambiente e da capacidade energética.

A governadora ainda deu destaque à criação do Consórcio Brasil Verde, um movimento dos governadores do Brasil em relação à Conferência do Clima (COP26). Fátima afirma que esta é uma demonstração clara dos governadores ao mundo, e do seu compromisso em defesa do ambiente com ações que resultem em um menor impacto ambiental e estímulo às fontes de energia limpa.

Representantes da Dinamarca são convidados para visitarem o RN

A delegação Potiguar esteve na Agência de Energia da Dinamarca para tratar das boas práticas para o desenvolvimento de novas fontes de energia limpa, desenvolvimento de novas fontes e incentivo à cadeia industrial.

Fátima convidou, para uma visita ao RN, os representantes da agência para que haja uma possível assinatura de acordos de cooperação entre a agência reguladora dinamarquesa e o governo do Estado.

A governadora afirmou que o estado já tem grande reconhecimento como um dos maiores implantadores de geração de energia limpa em todo o mundo. Sendo assim, o convite é para que os representantes entendam de perto como realmente funciona a política de atração de investimentos e como os parques do estado operam.

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR