Home > Sem categoria

Complexo de Suape em PE se prepara para receber primeiro Centro de Distribuição da Amazon no Nordeste

Paulo Nogueira
por
-
12-12-2019 15:37:01
em Sem categoria
Complexo de Suape em PE se prepara para receber primeiro Centro de Distribuição da Amazon no Nordeste Complexo de Suape em PE vista do alto

A informação foi confirmada na manhã desta quinta-feira (12) e o empreendimento em Suape (PE) deverá ser o primeiro da Amazon no país fora de SP

A companhia norte-americana Amazon, líder no segmento de tecnologia e e-commerce mundial, confirmou que montará sua unidade de distribuição no centro logístico Armazenna, localizado no Complexo Industrial Portuário de Suape, no Cabo de Santo Agostinho-PE. Veja também que vagas de emprego para Auxiliares, Operadores, Técnicos e Motoristas em multinacional de logística

A nova instalação já deve começar a operar no primeiro trimestre de 2020 e a expectativa é de gerar centenas de empregos diretos e indiretos na região. Este será o primeiro centro da Amazon no Nordeste, que já possui uma unidade no estado de São Paulo.

O governador do estado de PE, Paulo Câmara, anunciou na manhã desta quinta-feira (12), em São Paulo, o entusiasmo pelo empreendimento em reunião com o presidente da Amazon no Brasil, Alex Szapiro. Estiveram presentes também o presidente de Suape, Leonardo Cerquinho, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach e o presidente da AD Diper, Roberto Abreu e Lima.

“Ter uma gigante de tecnologia e logística no Armazenna Suape mostra confiança na eficiência do nosso polo logístico”, afirma Cerquinho. Desde que se instalou ao Brasil, esta será a primeira operação física da multinacional fora de São Paulo, demonstrando o potencial logístico de PE no âmbito nacional.

Sobre a Armazenna Suape

O Centro Logístico foi desenvolvido com o que existe de mais avançado no setor de armazenagem e logística, seguindo um padrão global de qualidade a fim de entregar o melhor serviço possível para a sua empresa.

Conta com opções de galpões modulares a partir de 1.000 m², onde há rampas de acesso para empilhadeiras, piso nivelado a laser com capacidade de 6 ton/m², proteção térmica (facefelt), pé-direito de 12m e muito mais.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.