Início Canadense Sigma Lithium é destaque na mineração pelas práticas ESG, chega ao Brasil para promover sustentabilidade e investir em transportes elétricos, além de gerar mais de 500 empregos em Minas Gerais

Canadense Sigma Lithium é destaque na mineração pelas práticas ESG, chega ao Brasil para promover sustentabilidade e investir em transportes elétricos, além de gerar mais de 500 empregos em Minas Gerais

26 de junho de 2022 às 17:43
Compartilhe
Siga-nos no Google News
A companhia Sigma Lithium vem revolucionando o setor da mineração com as práticas ESG presentes em toda a cadeia produtiva e investe no mercado da sustentabilidade nos transportes elétricos, chegando ao Brasil trazendo o foco no segmento ambiental.
Foto: Sigma Lithium

A companhia Sigma Lithium vem revolucionando o setor da mineração com as práticas ESG presentes em toda a cadeia produtiva e investe no mercado da sustentabilidade nos transportes elétricos, chegando ao Brasil trazendo o foco no segmento ambiental.

A empresa Sigma Lithium é o grande destaque no setor da mineração sustentável, uma vez que desenvolveu um sistema de produção totalmente adequado às práticas ESG. Dessa forma, até esse domingo, (26/06), a empresa não só utiliza a sustentabilidade na sua produção de lítio, como também contribui para o mercado da eletrificação internacional dos transportes com a comercialização do lítio para a produção de baterias e a utilização dos equipamentos em veículos elétricos, chegando agora ao Brasil para trazer seus ideais para o país.

Mineração com práticas ESG é possível e a companhia Sigma Lithium une os dois mundos e agora investe no segmento ambiental no território nacional

O setor da mineração ainda é um dos principais responsáveis pelos grandes impactos ambientais no território brasileiro, mas nos últimos anos, as empresas vêm buscando cada vez mais novas alternativas de sustentabilidade para o segmento. É o caso da companhia Sigma Lithium, uma das maiores produtoras de lítio do mundo e que, atualmente, é o grande destaque internacional pela adoção das práticas ESG em sua cadeia de produção e beneficiamento do minério, garantindo mais compromisso ambiental nas operações. 

Artigos recomendados

Agora, a empresa chega ao Brasil para trazer a mineração ESG e está construindo, em Minas Gerais, uma operação de mineração de lítio de rocha dura, componente essencial das baterias utilizadas nos veículos elétricos.

O projeto levou o nome de Grota do Cirilo e é a mais nova aposta da companhia na mineração brasileira, visando trazer a sustentabilidade para o setor no país. Além disso, o empreendimento pretende gerar 500 empregos diretos e 6.000 indiretos na região, além de 888 milhões de reais em arrecadação de royalties pelos próximos 15 anos.

E a principal característica de sustentabilidade e práticas ESG na mina de exploração do minério é o abastecimento energético da empresa, que será feito de forma integral por meio de fontes renováveis. Dessa forma, será utilizada uma fonte hídrica e limpa localizada há 50 quilômetros do projeto de mineração.

Ademais, a Sigma Lithium reforça que toda a água utilizada no processo de produção de energia será reutilizada, como forma de garantir mais sustentabilidade no abastecimento, sendo 90% de reaproveitamento e 10% perdidos por evaporação.

Sigma Lithium pretende utilizar práticas ESG para investir no mercado da eletrificação dos transportes com a produção de lítio para baterias

Além das práticas ESG na cadeia de produção de lítio em Minas Gerais, a Sima Lithium já fechou parceria com o Instituto Federal do Norte de Minas Gerais para oferecer um curso de quatro semestres na área de mineração, cujo objetivo principal é capacitar colaboradores locais para trabalhar no projeto. Dessa forma, a empresa não só investe na sustentabilidade, mas também busca apoiar causas sociais. 

E o grande foco da companhia com toda essa cadeia de produção de lítio é o mercado internacional de transportes, mais especificamente os veículos elétricos que utilizam baterias com o material.

Assim, Ana Cabral-Gardner, co-CEO da companhia, reforça o compromisso da empresa com o setor de transportes elétricos e diz: “Esse consumidor demanda neutralidade em carbono. É contraintuitivo comprar um carro para descarbonizar o meio ambiente, se você está queimando carvão para produzir lítio.”

A questão da sustentabilidade nos transportes ainda é o grande desafio do mercado internacional e, com sua produção ESG de lítio, a empresa pretende dinamizar o cenário com novos olhares para a utilização do material para a fabricação de veículos elétricos em todo o mundo.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes