Início Brasil pode utilizar biodiesel como alternativa ao diesel para abastecimento dos veículos e deve reduzir importação desse combustível

Brasil pode utilizar biodiesel como alternativa ao diesel para abastecimento dos veículos e deve reduzir importação desse combustível

13 de junho de 2022 às 18:10
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Em resposta à possível crise do abastecimento do diesel no território nacional nos próximos meses, o governo brasileiro pode começar a utilizar o biodiesel como alternativa ao combustível para o abastecimento dos veículos e reduzir a importação do produto. 
Foto: iStock

Em resposta à possível crise do abastecimento do diesel no território nacional nos próximos meses, o governo brasileiro pode começar a utilizar o biodiesel como alternativa ao combustível para o abastecimento dos veículos e reduzir a importação do produto. 

O cenário internacional de diesel continua instável devido ao crescente risco de desabastecimento do recurso nos países e, para contornar a situação, o Brasil pode utilizar o biodiesel como alternativa para o abastecimento dos veículos. Nessa segunda-feira, (13/06), espera-se uma redução na importação do combustível em consequência da nova solução, para controlar os estoques nacionais e evitar o desabastecimento no segundo semestre do ano.

Crise do diesel pode chegar ao Brasil e utilização do biodiesel como alternativa para abastecimento dos veículos nacionais é a melhor solução para contornar problema 

O cenário da comercialização e produção do diesel está cada vez mais instável no mercado internacional, devido aos altos preços cobrados após os conflitos entre a Rússia e Ucrânia e um constante risco de que o fornecimento dos EUA seja reduzido devido a furacões no Golfo do México. Dessa forma, o governo nacional precisa cada vez mais buscar medidas para contornar essa situação e evitar que um possível desabastecimento do combustível ocorra no segundo semestre do ano. 

Artigos recomendados

Assim, a alternativa mais viável no momento é a utilização do biodiesel, combustível biodegradável derivado de fontes renováveis como óleos vegetais e gorduras animais, para o abastecimento dos veículos nacionais, além da redução na importação do produto. Dessa forma, poderá haver uma mistura entre os dois combustíveis para a utilização em veículos como caminhões ao longo dos próximos meses.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

Além disso, a expectativa é que a mistura de biodiesel no diesel cresça consideravelmente ao longo do segundo semestre do ano, podendo chegar a aumentar de 10% para 15% para controlar os estoques nacionais. 

Outro ponto importante da alternativa para o mercado nacional é que, ao utilizar o biodiesel para contornar a crise do diesel no país, os preços do combustível podem aumentar de forma considerável. Embora essa pareça ser uma decisão inviável, isso poderia evitar o desabastecimento nacional e manter os estoques até que o mercado internacional se estabilize. Entretanto, a utilização de mais biodiesel exigiria que mais soja fosse esmagada no Brasil em vez de exportada, apertando a oferta e ameaçando piorar a inflação de alimentos desenfreada.

Aumento na utilização de biodiesel para abastecimento de veículos poderá reduzir fortemente a importação do combustível no Brasil 

Além de garantir o estoque de diesel no Brasil com a utilização de mais biodiesel no combustível, o governo nacional também poderá reduzir a importação do recurso. Isso, pois, um aumento na mistura poderia reduzir as importações de diesel em cinco navios por mês dos típicos 20 a 30 navios, de acordo com estimativas de Pedro Shinzato, analista de petróleo da StoneX. Assim, o país começaria a focar em novas alternativas, visto que a oferta do combustível no exterior não está favorável.

Apesar dessa ser uma alternativa viável, a questão da produção de óleos vegetais poderá se tornar um problema, já que o biodiesel necessita desses recursos. Isso acontece porque a demanda por óleo de soja vem aumentando em meio à queda nas exportações de óleo de palma dos rivais, devido a medidas de protecionismo, e óleo de girassol devido à guerra na Ucrânia.

Dessa forma, poderá haver um déficit no abastecimento interno e na comercialização externa desses produtos. 

Até o momento, o Ministério da Energia ainda não se pronunciou sobre o possível desabastecimento do diesel e a Agência Nacional de Petróleo disse estar avaliando as alternativas viáveis para evitar uma crise nacional, mas que nada está decidido até agora em relação à questão.

Relacionados
Mais recentes