As obras da segunda ponte que liga o Brasil ao Paraguai estão a todo vapor e 50% do projeto será concluído ainda em dezembro

Flavia Marinho
por
-
17-12-2020 17:27:46
em Concursos Públicos e Federais
ponte - paraguai - brasil - paraná

As obras da ponte da Integração Brasil – Paraguai iniciaram em agosto do ano passado, e está prevista para ficar pronta em meados de 2022.

A expectativa é que até o final de dezembro, seja concluída cinquenta por cento da obra da nova ponte da Integração Brasil – Paraguai. A ponte da Integração, que a margem brasileira de Itaipu está financianda pela Usina Hidrelétrica de Itaipu. Serão leiloados amanhã (18) terminais portuários na Bahia, Alagoas e Paraná

Leia também

Considerada uma das mais importantes obras estruturantes para a região e, por consequência, para todo o Mercosul, a ponte que liga o Brasil ao Paraguai começou a ser erguida antes da crise da pandemia da covid-19, e sobreviveu ao período – o mais grave dos últimos tempos também do ponto de vista econômico. Ao longo do ano de 2020, tem empregado diretamente 452 pessoas em ambas as margens do Rio Paraná, no Brasil e Paraguai.

Depois de concluída, a segunda ponte entre os dois países será mais um estímulo ao desenvolvimento regional, facilitando a logística de cargas e melhorando o trânsito no centro de Foz do Iguaçu e na Ponte da Amizade.

No início deste mês, o presidente Jair Bolsonaro encerrou seu ciclo de visitas ao Paraná, no ano de 2020, para acompanhar o andamento deste trabalho. Nessa sua quarta visita à cidade desde o início do mandato, Bolsonaro esteve com o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benitez, e alguns ministros.

Ponte da Integração Brasil- Paraguai, no Rio Paraná

Empreendimento

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) é responsável pela supervisão do empreendimento, gerenciado pelo governo do Paraná por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) do estado.

O investimento total é de aproximadamente R$ 463 milhões, considerando obras da estrutura, desapropriações e a construção de uma perimetral no lado brasileiro, que ligará a ponte à BR-277.

Do tipo estaiada, a ponte terá 760 metros de comprimento, com vão livre de 470 metros, e contará com pista de 3,7 metros de largura em cada faixa, acostamento de 3 metros e calçada de 1,70 metro.

Sob responsabilidade do governo paraguaio, uma terceira ponte entre os dois países será construída sobre o Rio Paraguai, ligando a cidade de Porto Murtinho, no Mato Grosso do Sul, a Carmelo Peralta, no Paraguai. Ela será custeada pela margem paraguaia de Itaipu e deverá facilitar o acesso do Brasil ao Oceano Pacífico e abrir mercados para as produções de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Ponte da Integração Brasil- Paraguai, no Rio Paraná

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.