Árabes desembarcam no Porto do Rio de Janeiro e buscam investimentos no Brasil

Árabes desembarcam no Porto do Rio de Janeiro e buscam investimentos no Brasil

Nas visitas ao Rio de Janeiro e Itajaí, nós conhecemos algumas empresas potenciais e estamos em negociações iniciais, disse Mazrouei, diretor da Abu Dhabi Ports

Empresários da cidade de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, visitaram o Porto do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira, 25. O grupo demonstrou interesse em estreitar as relações e ampliar os negócios no Brasil. Arábia Saudita anuncia $ 10 bilhões em investimentos no Brasil.

Jean Paulo Castro e Silva, diretor de Relações Comerciais e Planejamento da Companhia Docas do Rio de Janeiro,  junto com a equipe técnica da CDRJ,  apresentaram oportunidades de investimento nos Portos do Rio de Janeiro e Itaguaí, aos diretores da Zona Industrial Khalifa e  Abu Dhabi Ports — companhia que opera o porto da capital dos Emirados Árabes Unidos.

Seminário na Câmara de Comércio Árabe Brasileira

Após visitar o Rio, Saif Al Mazrouei, diretor da empresa Abu Dhabi Ports, participou do seminário na Câmara de Comércio Árabe Brasileira, em São Paulo, nesta quarta-feira, 27, e falou sobre oportunidades de negócios na Zona Franca e Porto de Abu Dhabi.

A apresentação reuniu cerca de setenta representantes de empresas de alimentos, café, cosméticos, mineradoras, construtoras, tradings e consultorias de comércio exterior, entre outros interessados.

Mazrouei falou sobre as visitas de sua comitiva em Itajaí e Rio de Janeiro, “Nas visitas a Itajaí e ao Rio de Janeiro nós conhecemos algumas empresas potenciais e estamos em negociações iniciais. Gostamos do Brasil e estamos aqui porque nossos países têm uma relação forte econômica e comercial e vemos muitas oportunidades que podemos explorar, de Abu Dhabi especificamente e das empresas brasileiras para Abu Dhabi. Estamos interessados nos setores de navegação e logística, e em áreas que possam agregar valor aos negócios. Agradeço à Câmara Árabe por facilitar as visitas a potenciais parceiros dos Emirados”, disse o executivo.

O porto Khalifa, em Abu Dhabi, é um dos mais importantes da região do Golfo e tem atualmente capacidade para movimentar 2,5 milhões de TEUs, unidade que equivale a um contêiner de 20 pés. Segundo o CEO da companhia, a meta é alcançar e talvez até ultrapassar os 9,1 milhões de TEUs até 2021.

“Abu Dhabi tem um dos maiores portos da região e um potencial de negócios de bilhões de dólares. Estou orgulhoso de ver empresas brasileiras na Kizad. Se você já tem uma operação nos Emirados ou quer montar uma, estamos aqui para ajudar”, disse Mazrouei.

Estamos aqui após a visita do presidente do Brasil aos Emirados em outubro, nós gostaríamos de explorar mais oportunidades de atração e realização de investimentos. Estamos buscando diversas oportunidades de investimentos aqui, já visitamos o Rio, Itajaí e São Paulo, e gostaríamos de oferecer oportunidades de negócios para as empresas brasileiras em Abu Dhabi e região, e mostra como elas podem ampliar seus negócios globalmente usando nossos serviços da Kizad”, acrescentou Marzooqi.

“Somos uma one-stop shop (guichê único), você pode começar pequeno, com um escritório, e depois ir ampliando a operação aos poucos. A JBS começou assim e hoje tem uma grande operação na nossa zona franca”, disse o diretor se referindo à gigante de alimentos brasileira.

Flavia Marinho

About Flavia Marinho

Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e experiente na indústria de construção naval. OBS: Não contratamos, então não envie currículos! Informações sobre empregabilidade apenas no site.