Início Após sexta alta consecutiva, preço do diesel fecha maio atingindo R$ 7,85 nas bombas, uma alta de mais de 4% nos postos de combustíveis brasileiros

Após sexta alta consecutiva, preço do diesel fecha maio atingindo R$ 7,85 nas bombas, uma alta de mais de 4% nos postos de combustíveis brasileiros

8 de junho de 2022 às 04:45
Compartilhe
Siga-nos no Google News
diesel - gasolina - preço - etanol - gnv - combustíveis
fila de carros em posto de gasolina / Imagem GPI

Combustível já registra sua sexta alta consecutiva e nenhum Estado apresentou recuo no valor médio no período

O preço médio do litro do diesel comum nos postos brasileiros fechou o mês de maio a R$ 7,17, alta de 4,40% em relação ao mês de abril, enquanto o tipo S-10 aumentou 4,14% e fechou o período a R$ 7,28. É o que aponta o último levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL). 

“O preço do diesel já registra sua sexta alta consecutiva e, diferentemente do fechamento de abril e da primeira quinzena de maio, nenhum Estado brasileiro apresentou qualquer recuo no preço, de acordo com o último levantamento da Ticket Log. Se compararmos com o início do ano, o valor já está mais de 29% mais caro, e, com um ano atrás, cerca de 53%”, destaca Douglas Pina, Diretor-Geral de Mainstream da Divisão de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil.

Artigos recomendados

Norte lidera o maior preço médio, que atinge R$ 7,85 nas bombas

De acordo com análise regional, o Norte lidera o maior preço médio para o diesel comum, comercializado a R$ 7,43, e a maior alta no preço, de 4,83%. Os postos de abastecimento do Norte também registraram a média mais cara para o diesel S-10, vendido a R$ 7,56, com alta de 4,03%. Já as menores médias para os dois tipos foram registradas nas bombas de abastecimento do Sul, a R$ 6,73 o comum, e R$ 6,82 o S-10. 

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

Nenhum Estado apresentou recuo no valor dos dois tipos de diesel. A Bahia deixou o posto das maiores médias, mas segue na liderança das altas mais expressivas para o tipo comum, que aumentou 9,49% e passou de R$ 6,87 para R$ 7,53; e para o tipo S-10, que aumentou 7,50% e passou de R$ 7,11 para R$ 7,64.

Ainda na análise por Estado, o Acre registrou a média mais alta para o diesel comum, comercializado a R$ 7,77, alta de 2,74%; e o Amapá apresentou as médias mais caras para o tipo -S-10, vendido a R$ 7,85, com alta de 0,73%. Já o Rio Grande do Sul apresentou as menores médias para o diesel comum (R$ 6,67), e para o diesel S-10 (R$ 6,72), mesmo com altas de 3,80% e 3,46%, respectivamente. 

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais de 30 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.

Após ser massacrado com aumentos constantes nos valores da gasolina, diesel e gás de cozinha, consumidor poderá consultar valores dos combustiveis praticados pela Petrobras na sua localidade

Após ser criticada pelos reajustes constantes nos valores dos combustíveis, Petrobras cria site para informar consumidor sobre os preços da gasolina, diesel e gás de cozinha.

O portal tem como objetivo facilitar o acesso às informações sobre os preços de combustíveis, onde apresenta de forma didática e com visual mais amigável as parcelas envolvidas na formação dos preços da gasolina, diesel e gás de cozinha (GLP).

Além disso, o consumidor poderá usar filtros e consultar valores praticados pela Petrobras na sua localidade. CLIQUE AQUI E CONHEÇA O NOVO SITE DA PETROBRAS, além de trazer informações sobre a formação dos preços ao consumidor final, possibilita filtrar os valores pela média nacional ou por estados, considerando os impostos estaduais e outras variáveis locais.

Site da Petrobras recebeu cerca de 1,5 milhão de visualizações para consultar os valores cobrados em suas refinarias e a composição média do preço final.

Relacionados
Mais recentes