Ventos no Brasil superaram a expectativa do ano e Neoenergia registra aumento maior do que o esperado na geração eólica de seus parques, localizados no Nordeste

Flavia Marinho
por
-
16-11-2021 09:43:26
em Energia Eólica, Energia Renovável
turbina - eólicas - nordeste - energia - construção - vagas - neoenergia - Turbinas de usinas eólicas no Nordeste / Imagem Neoenergia




Energia eólica ultrapassa a marca de 19 GW, sendo a segunda maior fonte da matriz energética brasileira. Atualmente são 726 usinas em operação no Brasil, gerando energia limpa e renovável.

A gigante de energia Neoenergia, registrou no período de ventos altos, que vai de julho a outubro, um aumento ainda maior do que o esperado na geração eólica de seus parques, localizados no Nordeste. A companhia contabilizou 748 GWh no terceiro trimestre de 2021, um aumento de 12,48% em comparação ao mesmo período de 2020, impulsionado pelos ventos além da expectativa no ano. Adicionalmente, o período foi marcado pelo início antecipado da operação comercial das 53 primeiras turbinas do Complexo Chafariz (PB), acrescentando capacidade instalada de 184 MW à companhia, que chegou a 700 MW.

Leia também

Durante a alta dos ventos, a velocidade diária pode alcançar picos de 12 a 15 m/s ou até mais. Existem ainda momentos em que a maioria das turbinas atingem suas capacidades máximas de geração e os parques podem registrar, em um dia, fatores de capacidade elevadíssimos, acima dos 90%. Nesses meses, as velocidades médias dos ventos são bem maiores se comparado ao restante do ano, elevando, consideravelmente, o fator de capacidade médio nesse período para acima dos 50% ou até 60%.

Atualmente são 726 usinas eólicas em operação no Brasil

A capacidade instalada da fonte eólica ultrapassa a marca de 19 GW, sendo a segunda maior fonte da matriz energética brasileira. Atualmente são 726 usinas em operação no Brasil, gerando energia limpa e renovável, proporcionando uma redução nas emissões de CO2 da ordem de 22.900.000 Ton/ano.

Com a conclusão de Chafariz, prevista para até o final de 2021, serão somados 471 MW, totalizando um incremento de 987MW de energia proveniente dos ventos. Além disso, a companhia concluirá o projeto do complexo eólico Oitis (PI/BA), que será o maior parque eólico da Neoenergia e estará entre os maiores complexos eólicos do Brasil. O projeto adicionará 566,5 MW à capacidade instalada da empresa.

A Neoenergia possui 4 GW de capacidade instalada em geração, sendo 88% de energia renovável, e está implementando mais 1 GW com a construção de novos parques eólicos. Em transmissão, são 1,4 mil km de linhas em operação e 5,3 mil km em construção.

A Neoenergia desde janeiro 2021, integra a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3 – Brasil, Bolsa, Balcão – que reúne companhias que possuem as melhores práticas de governança e sustentabilidade corporativa.  

Brasil se torna um grande canteiro de obras verde; são 84 parques eólicos em fase de projetos e 21 em construção, além de usinas solares que alavancaram o país entre as nações com maior capacidade de geração solar!

Mercado de energia renovável aquece setor de gerenciamento de obras. A chamada engenharia de proprietário surge como catalizador de expertise técnica no sucesso de desenvolvimento desse mercado

O aquecimento do mercado de energia renovável tem transformado o Brasil num grande canteiro de obras verde. São 84 parques eólicos em fase de projetos e 21 em construção, além do incremento de usinas solares que alçaram o país a 14ª posição entre as nações com maior capacidade de geração solar. Leia a matéria completa aqui.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.