Início R$ 8 milhões foram investidos pela Cemig em nova subestação de energia Planura

R$ 8 milhões foram investidos pela Cemig em nova subestação de energia Planura

14 de junho de 2022 às 22:32
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Cemig, energia, subestação
Foto: Reprodução de Pok Rie / Fonte: Pexels

Investimento da Cemig em nova subestação, vai aumentar a flexibilidade de energia na área do Triângulo Mineiro

A Cemig fez um investimento de mais de R$ 8 milhões na nova subestação de energia Planura, que está inserida na região do Triângulo Mineiro. A nova instalação vai oferecer mais energia para servir os presentes e os futuros clientes do triângulo Mineiro, além de fortalecer o desenvolvimento de energia das cidades vizinhas Campo Florido, Frutal e Pirajuba.

Constituída desde a plataforma tecnológica Subestação Compacta Integrada (SECI), o término da subestação Planura irá movimentar melhorias nos níveis de tensão das subestações de energia de Frutal e Pirajuba, redução de prejuízos de energias e mais segurança nas operações, com um menor carregamento dessas subestações e do sistema de transmissão.

Artigos recomendados

Segundo a Cemig, a aptidão de modificação da subestação é de 15 MVA, energia o bastante para prover aproximadamente 15 mil residências com consumo médio do mercado da empresa. A SE está conectada ao sistema elétrico por meio de uma derivação da linha de distribuição que interliga as subestações Frutal 2 e Porto Colômbia, em 138 kV.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

“Além de proporcionar melhorias na qualidade do fornecimento de energia, a SE (subestação) Planura também vai ajudar no desenvolvimento econômico e social da região, estimulando novos empreendimentos e, como consequência, gerar mais empregos no município, comenta o engenheiro de empreendimentos da Cemig, José Valteir de Araújo.

Outras subestações de energia em Minas também tiveram investimentos da Cemig

Além da nova SE Planura, a Cemig também investiu em outra SE, na região de Minas Gerais, no último ano. A SE Varjão de Minas foi energizada em novembro de 2021 e a SE Serra do Salitre foi entregue no primeiro semestre.

A subestação Araxá 2 está sendo aumentada e a SE Lagoa Grande está em uma etapa adiantada de construção, com previsão de entrega para esse mês de junho.

As construções das subestações Uberaba 7 e Uberlândia 8 já tiveram suas obras iniciadas. Além disso, diversas linhas de fornecimento foram desenvolvidas para conectar essas subestações ao sistema de energia, proporcionando mais segurança no caso de uma necessidade operativa.

Nova subestação no Vale do Jequitinhonha foi inaugurada pela Cemig

Além da nova subestação Planura que está sendo desenvolvida em Minas, a Cemig inaugurou, na semana do dia 03/06, uma subestação no Vale do Jequitinhonha que foi entregue com uma nova Linha de Distribuição para a região, que vai atestar uma melhor qualidade e uma continuidade no fornecimento de energia.

A nova subestação da Cemig, Minas Novas 2, e a Linha de Distribuição que liga a instalação à subestação Araçuaí 2 entrou em funcionamento na semana do dia 03/06. O empreendimento da Cemig traz uma disponibilidade e uma qualidade de energia maior para cerca de 70 mil consumidores das cidades adjacentes à região do Vale do Jequitinhonha.

Para ligar as subestações Araçuaí 2 e Minas Novas 2, foi desenvolvida uma nova Linha de Distribuição que possui aproximadamente 90km de extensão. 

As novas infraestruturas do trajeto são metálicas, substituindo as atuais, que são de madeira. Para a Cemig a substituição do metal para madeira é muito relevante, já que irá diminuir os impactos provocados por possíveis queimadas na região, aumentando a credibilidade e a garantia da continuidade do fornecimento de energia elétrica aos consumidores.

A Cemig investiu aproximadamente R$ 46 milhões na construção das novas subestações e a nova SE vai ter uma potência instalada de 15MVA, proporcionando uma maior disponibilidade de energia na região, já que a potência da SE atual no local é de 10MVA, ou seja, a nova SE vai trazer um crescimento na oferta de energia de 50%.

Relacionados
Mais recentes