Home > Sem categoria

750 vagas de emprego serão geradas com o complexo industrial da Diageo no Ceará

Paulo Nogueira
por
-
02-09-2019 14:53:03
em Sem categoria
750 vagas de emprego ceará GOVERNADOR CAMILO SANTANA PARTICIPA DE EVENTO NO COMPLEXO INDUSTRIAL DE ITAITINGA; DIAGEO; ITAITINGA; © CARLOS GIBAJA/ GOVERNO DO CEARA;

Multinacional irá investir R$ 100 milhões em complexo industrial na Região Metropolitana de Fortaleza, no Ceará; novo empreendimento criará 750 vagas de emprego na região.

Diageo, a multinacional proprietária da Ypióca e de marcas como Johnnie Walker e Smirnoff, irá investir R$ 100 milhões em um novo complexo industrial, em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O empreendimento vai gerar cerca de 750 vagas de emprego, entre diretos e indiretos. O Brasil está dando a volta por cima e grandes investimentos estão acontecendo por todo o país,  a implantação de fábrica no Espírito Santo vai gerar 800 empregos na área de construção civil.

O anúcio foi feito durante a cerimônia de lançamento da pedra fundamental, na manhã de quinta-feira, 29 de agosto. As obras do empreendimento, que está em fase inicial de construção, entrará em operação até o segundo semestre de 2020.

O complexo industrial irá concentrar a fábrica e os escritórios da Ypióca, que hoje funcionam em Messejana, além de um centro de distribuição que movimentará metade dos produtos vendidos pela Diageo no Brasil.

Com a nova unidade, o Porto do Pecém irá receber 75% dos contêineres de bebidas que a empresa importa para o Nordeste. Dessa forma, a multinacional diz que Itaitinga será em um dos “mais importantes hubs logísticos da companhia no Brasil”.

Gregorio Gutiérrez, presidente da Diageo na região Paraguai, Uruguai e Brasil, considera a posição da nova fábrica como estratégica para a companhia. Ela está localizada na BR-116, a 25 quilômetros do Centro de Fortaleza e a 70 quilômetros do Porto do Pecém,

“É claramente uma oportunidade histórica para nós estarmos instalando, aqui, esse novo complexo industrial, onde a gente vai ter as nossas linhas de produção, centro de distribuição e nossos escritórios comerciais para o Estado e para a região Nordeste”, disse Gutiérrez.

“Além disso, há uma série de fatores (que pesaram na decisão de investir no Estado), como mão de obra, acesso a serviços, acesso à rodovia, e tem muitas empresas instaladas aqui”, concluiu.

Segundo Gutiérrez, a Diageo irá manter as 400 vagas de emprego diretos que gera no Estado. “Na medida em que o negócio der certo e continuar crescendo, com certeza haverá maiores oportunidades”, previu o presidente. “O novo complexo terá capacidade instalada favorável à expansão da operação e introdução de linhas de outros produtos”.

Durante a cerimônia, o governador do Estado, Camilo Santana, destacou a infraestrutura logística do Ceará e agradeceu a confiança da Diageo na gestão estadual.

“Temos um porto moderno, que tem parceria com o maior porto da Europa (Roterdã), que oferece um custo operacional mais baixo e tem melhorado cada vez mais seus processos de importação e exportação para outros destinos do mundo, o que favoreceu a decisão da Diageo de fazer esse investimento no Ceará”, disse o governador.

Camilo ressaltou ainda a importância do investimento em um momento difícil para a economia do País.”Agradeço a Diageo pela confiança, pela decisão de fazer esse investimento aqui no Ceará”.

Além da fabricação dos produtos Ypióca e de outras marcas da companhia, a unidade de Itaitinga será a única no Brasil a envasar o uísque escocês Black & White.

400 vagas de emprego serão geradas com a instalação da empresa Metalúrgica Mor em Barra do Piraí, no RJ.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.
fwefwefwefwefwe