10.300 vagas de empregos em obras de Porto que vai começar ano que vem

Porto empregos petrocity espirito santo

Projetos do Mega Porto de São Mateus em conjunto com usinas termelétricas e ferrovia avançam e começarão a gerar vagas de empregos já para o ano que vem

As obras de construção do porto do Centro Portuário de São Mateus, no Espírito Santo, tem atraído a atenção não só de trabalhadores do estado, mas de todo o Brasil, pois se somarmos todos os empreendimentos a criação de vagas de empregos será em um total de 10.300.
As contratações estão previstas para começar no ano que vem e o empreendimento vem sendo monitorado aqui pelo seu portal Click Petróleo e Gás, inclusive conforme informamos, ontem (02/08) estava marcada uma audiência pública para que toda a sociedade conhecesse e debatesse detalhes sobre o projeto.

Estão previstas a criação de 2.500 vagas de empregos na obra e 3 mil na operação do Mega porto e o empreendimento aguarda licença ambiental do Iema, prevista para este mês de agosto e a de instalação, prevista até julho de 2020, para o início das obras.

O Centro Portuário de São Mateus (CPSM), um projeto da Petrocity e da Odebrecht, em São Mateus, no norte do estado do Espírito Santo, deve alavancar também a construção de uma usina com capacidade para 2.5 megawatts, um projeto da Badin Energia, e que vai gerar cerca de 50 empregos diretos, sendo 40 na obra, e de oito a 10 na operação.

A Badin também é a responsável pelas obras de instalação de duas usinas de geração de energia, sendo uma térmica a gás e outra fotovoltaica.
O diretor da empresa, Rodrigo Badin, está otimista em relação a liberação da licença ambiental e declarou: “Ainda precisamos da licença ambiental, que vai nos possibilitar passar por um leilão de energia do governo federal. Mas é um projeto como nenhum outro no Brasil, e se o governo não aprovar isso, não aprova mais nada”.

A energia gerada pelas usinas da Badin, além de abastecer a Petrocity, vai ser distribuída a indústrias nos arredores de São Mateus e o excedente será leiloado.
Estima-se que a construção destas duas usinas vai gerar 1.100 vagas de empregos diretos, e a operação, cerca de 150 vagas.

Ferrovia

Além do Mega porto e das usinas, a Petrocity planeja construir uma ferrovia de 560 quilômetros, ligando São Mateus a Sete Lagoas, em Minas Gerais.
Somente na primeira fase da Ferrovia, que irá até a cidade de Ipatinga (MG), serão criados 3.500 empregos diretos, entre instalação e operação.

Pensando na qualificação dos trabalhadores da região, a Petrocity vai capacitar tecnologicamente 3 mil jovens até o fim de 2020, para que possam atuar em projetos da empresa ou mesmo em outros empreendimentos da região.
O projeto é para jovens de baixa renda, com ensino fundamental completo, entre 15 e 21 anos, e que pertençam a famílias já inscritas no cadastro único de programas sociais.

Leia também ! ANP informa que 5,2 bilhões de Reais serão investidos em plataformas de Petróleo no ano que vem !

Sobre Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)