ANP informa que 5,2 bilhões de Reais serão investidos em plataformas de Petróleo no ano que vem

ANP

Agência Nacional do Petróleo prevê aumento no investimento em plataformas de Petróleo para 2020 em relação aos investimentos de 2019

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou um relatório informando a previsão de investimentos das operadoras em plataformas de Petróleo para os próximos cinco anos.
Segundo o documento, este ano estão sendo investidos um total de R$ 4,8 bilhões em Unidades Estacionárias de Exploração e Produção, e para o ano de 2020 espera-se um aumento de quase 10%, algo em torno de R$ 5,2 bilhões.

Para os anos seguintes, a ANP estima que os investimentos fiquem em R$ 2,1 bilhões em 2021, R$ 2,8 bilhões em 2022 e R$ 1,6 bilhão em 2023.

As causas dos aumentos

Muitos destes investimentos ficarão por conta dos FPSO’s de Búzios V e Mero 1 que a Modec vai construir e o de Mero 2 que a está a cargo da SBM.
Além desses, a Petrobras ainda trabalha para licitar os FPSOs de Mero 3 e 4 que estão no relatório da ANP como investimentos para os anos de 2020 em diante.

Vale lembrar ainda os investimentos que petroleiras estrangeiras estão fazendo em plataformas para o desenvolvimento de seus campos, como a Equinor que encomendou a plataforma de cabeça de poço (WHP-C) para a fase II de Peregrino e o novo FPSO em Pão de Açúcar que a empresa está estudando.

Segundo a ANP, o relatório serve para auxiliar na programação e planejamento de investimentos e atividades das operadoras e petroleiras.
A agência também projetou o aumento da produção para os próximos anos, a produção de petróleo subirá de 462 6 milhões de metros cúbicos diários (m3/d) este ano para 597,1 milhões de m3/d em 2023. Já a produção de gás natural sairá de 131,093 milhões de m3/d este ano para 167,6 milhões de m3/d em 2023.

Leia também ! Halliburton divulga, hoje (02-08), novas vagas offshore e onshore para Macaé !

Sobre Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)