Volvo fecha parceria com a startup StoreDot para produção de baterias com carregamento extremamente rápido

Valdemar Medeiros
por
-
26-04-2022 10:33:31
em Automotivo, Veículos Elétricos
Volvo - StoreDot - baterias - carros elétricos - startup Foto | Volvo/Divulgação




Com o objetivo de acelerar a chegada das super baterias para carros elétricos, a Volvo fechou uma parceria de investimento com a StoreDot, fazendo com que o produto chegue ao mercado em meados de 2024

A Volvo Cars, através da sua divisão de capital de risco Volvo Cars Tech Fund, anunciou na última sexta-feira (22) que está realizando investimentos na empresa StoreDot, de Israel, que desenvolve baterias de alto desempenho para carros elétricos. A montadora sueca ainda não entrou com detalhes sobre o montante que será investido. Vale lembrar que, além da Volvo, a StoreDot também conta com outros investidores como VinFast, Daimler, BP, Ola Eletric, TDK e Samsung Ventures. A startup de Israel atua com células de bateria com ânodo de silício, que podem ser carregadas de forma muito rápida.

Baterias de carregamento extremamente rápido para carros elétricos podem chegar mais cedo

5 minutos de carregamento rápido para EVs | Entrevista com o CEO da StoreDot – Reprodução/Youtube

Com esse investimento, a Volvo está garantindo seu acesso a essa tecnologia e, além disso, a parceria entre a StoreDot e a montadora sueca pôde fazer com que o tempo até o lançamento no mercado da bateria milagrosa fosse reduzido.

A StoreDot anunciou, na semana passada, que serão lançadas em 2024 as “células de bateria XFC dominadas pelo silício”. A sigla XFC significa Extreme Fast Charging. No lugar do ânodo de grafite comum, as baterias de íons de lítio contam com um ânodo de silício fabricado com nanotecnologia, por onde materiais inorgânicos e orgânicos também são incorporados.

Com essas baterias para carros elétricos, será possível recarregar, em apenas 5 minutos, cerca de 160 km de autonomia. Para se ter uma ideia, um Lucid Air, com tecnologia de bateria de 900 volts, deve recarregar 480 quilômetros de autonomia em cerca de 20 minutos e, em 5 minutos, seriam 120 km.

A cooperação entre a Volvo e a StoreDot acontecerá, principalmente, como parte da joint venture entre a Norhvolt e a Volvo. A joint venture foi criada em 2021 e atualmente está construindo uma fábrica de baterias em Gotemburgo capaz de produzir 50 GWh por ano.

Concept Recharge e XC90 poderão ser os primeiros carros elétricos da Volvo a receberem as novas baterias

Além da produção de células, a joint venture também desenvolverá baterias modernas e, para que isso seja possível, um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento separado está sendo instalado em Gotemburgo.

Como era de se esperar, a Volvo ainda não divulgou quais serão os carros elétricos que receberão as novas baterias da StoreDot. Em um comunicado de imprensa, está anexada uma imagem que aparentemente mostra o Concept Recharge. Entretanto, a versão de produção corresponde ao sucessor do XC90, que provavelmente receberá o nome de Embla e começará a ser comercializado já no próximo ano.

Entretanto, a tecnologia da StoreDot só estará disponível a partir de 2024. Logo após, o Polestar 5 seria um outro modelo de carro elétrico que poderia receber as baterias. O veículo deve ser lançado em 2024 no mercado, e é aparentemente projetado como um carro de alta tecnologia em uma plataforma independente. O modelo elétrico também deve receber motores extremamente potentes e tecnologia de 800 volts.

Montadora sueca se pronuncia sobre a nova parceria

De acordo com a Volvo, o objetivo é ser o transformador mais rápido da indústria, e o Tech Fund desempenha um papel essencial no estabelecimento de parcerias com futuros líderes no setor de tecnologia.

A parceria com a empresa de baterias elétricas também contribuirá para que a marca sueca atinja a meta de tornar metade de suas vendas em elétricos até 2025, e permitir que até a próxima década toda a frota seja composta por esses veículos.

Em comparação às baterias atuais, o componente do carro elétrico da Volvo, o XC40, que fez muito sucesso em 2021, é de 78 kWh. De acordo com a empresa, isto entrega uma autonomia de 418 km, levando cerca de 40h para ser carregado em uma tomada de 220V.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.