Início Valores da gasolina, etanol e diesel registram queda, diz ANP

Valores da gasolina, etanol e diesel registram queda, diz ANP

6 de julho de 2022 às 10:05
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Os dados da ANP para esta semana são bastante otimistas para o consumidor, uma vez que os preços da gasolina, etanol e diesel registraram queda nos últimos dias. A nova notícia é animadora, pois o cenário atual dos valores dos combustíveis é um pesadelo para os brasileiros.
Foto: Pixabay

Os dados da ANP para esta semana são bastante otimistas para o consumidor, uma vez que os preços da gasolina, etanol e diesel registraram queda nos últimos dias. A nova notícia é animadora, pois o cenário atual dos valores dos combustíveis é um pesadelo para os brasileiros.

Na última segunda-feira, (04/07), a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulgou os dados sobre os preços dos combustíveis no Brasil para esta semana. Os novos dados acerca da gasolina, do diesel e do etanol são animadores para os consumidores brasileiros, que nos últimos meses, vêm sofrendo com um cenário crítico de preços.

Dados da ANP apontam que queda nos valores dos combustíveis é resultado da nova política de redução de ICMS em alguns estados

Segundo a pesquisa semanal feita Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), com a redução dos ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) — imposto cobrado sempre que há circulação de alguma mercadoria — o valor médio comum da gasolina reduziu em R$ 0,27 em todo país.

Artigos recomendados

Além disso, também segundo dados da pesquisa da ANP, o preço médio da gasolina foi de R$ 7,127 esta semana. Já na semana anterior, o valor médio era de R $7.390. Ou seja, o preço da gasolina teve um decréscimo de 3,55%, uma diminuição expressiva no bolso dos brasileiros. São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás foram os primeiros estados a adotarem a nova redução de valores.

Os menores preços da gasolina foram encontrados no estado do Paraná, a redução dos valores médios passaram de R$ 7,14 o litro para R$ 6,84, registrando uma queda de R$ 0,56. Já o que teve a menor redução de preços foi o estado da Bahia, com uma queda de R$ 0,11 nos valores médios da gasolina.

Outra ótima notícia é para os consumidores finais do etanol, que segue registrando quedas significativas há quase nove semanas seguidas. Segundo os dados da ANP, o valor médio registrado para essa semana foi de R$ 4,72, já na semana anterior, o preço era de R$ 4,87.

Preços do diesel seguem superando os valores da gasolina no Brasil

De acordo com os dados disponibilizados pela ANP, os valores do diesel comum e o S-10 apresentaram redução quase insignificante. Os preços do diesel para esta semana registraram um leve recuo de R$ 0,01 em relação à semana anterior. Cenário mais que crítico para os transportes públicos do país.

Vale lembrar que, segundo pesquisa feita pela ANP na semana anterior, após um reajuste da Petrobras, os preços do litro do diesel ultrapassaram os valores da gasolina pela primeira vez desde 2004 em grande parte dos estados brasileiros. Agora, o valor médio do diesel foi de R$ 7,568 para R$ 7,554.

A alta registrada nos preços do diesel acontece devido ao crítico cenário mundial, a situação instável no mercado internacional de combustíveis, causou um aumento nos valores dos commodities, levando a Petrobras a reajustar os valores do diesel comum em cerca de 14,2%.

Com isso, o governo brasileiro pressionou a empresa para que os altos valores internacionais não fossem repassados para o Brasil. No entanto, a Petrobras ainda não encontrou novas alternativas para a diminuição dos preços dos combustíveis. Dessa forma, os valores seguem crescendo em todo o país.

Desse modo, é importante lembrar que os altos valores dos combustíveis não se restringem apenas a uma região, uma vez que todo o território brasileiro sofre com as notícias desanimadoras e na situação instável das altas dos valores da gasolina, diesel e etanol.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes