Início Ufopa e Alcoa se unem para investir R$ 2,3 milhões em centro de tecnologia e pesquisa voltada para melhorias no setor da mineração no Pará

Ufopa e Alcoa se unem para investir R$ 2,3 milhões em centro de tecnologia e pesquisa voltada para melhorias no setor da mineração no Pará

21 de abril de 2022 às 22:32
Compartilhe
Siga-nos no Google News
O estado do Pará será beneficiado com um novo centro de tecnologia e pesquisa da Alcoa e da Ufopa, que investirão R$ 2,3 milhões no projeto, com a aquisição de equipamentos de ponta para o desenvolvimento de novas soluções para o setor da mineração 
Centro de Tecnologia e Pesquisa no setor de mineração será desenvolvido pela Ufopa e Alcoa. Fonte: Divulgação

O estado do Pará será beneficiado com um novo centro de tecnologia e pesquisa da Alcoa e da Ufopa, que investirão R$ 2,3 milhões no projeto, com a aquisição de equipamentos de ponta para o desenvolvimento de novas soluções para o setor da mineração 

A Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) e a Fundação Alcoa anunciaram na última terça-feira, (19/04), a criação do Centro Tecnológico em Geociências e Engenharia Aplicada, que terá sede nos municípios de Santarém e Juruti, no estado do Pará. Assim, a universidade e a companhia irão investir um total de R$ 2,3 milhões para o centro de pesquisa e tecnologia voltado para o setor da mineração.

Investimentos de R$ 2,3 milhões no centro de tecnologia e pesquisa da mineração no Pará serão direcionados para a compra de equipamentos e insumos para o projeto

A mineração no estado do Pará é um dos setores que mais se desenvolvem e garantem um bom crescimento econômico para a região e, com a criação do novo centro de tecnologia e pesquisa da Alcoa e da Ufopa, o estado terá a possibilidade de expandir ainda mais essa atividade no local. Assim, os municípios de Santarém e Juruti irão receber a sede do centro após a finalização das obras. 

Além disso, o investimento de R$ 2,3 milhões da Ufopa em parceria com a Alcoa será destinado a aquisição de insumos e equipamentos de última geração para os laboratórios de Geociências, beneficiando diretamente os cursos de Geofísica e Geologia, em Santarém, além do curso de Engenharia de Minas em Juruti. Assim, ambos os segmentos terão os equipamentos e as ferramentas necessárias para desenvolver novas soluções para o setor da mineração dentro do centro de tecnologia e pesquisa. 

Ao fim do projeto de investimentos, os seguintes cursos deverão ser beneficiados com o centro de tecnologia e pesquisa: Laboratório de Geoestatística, Planejamento de Mina e Simulação; Laboratório de Mecânica das Rochas e Solos; Laboratório de Geoquímica e Hidrogeoquímica e Laboratório de Métodos Potenciais. Assim, o centro será o local de inovação tecnológica dentro do segmento da mineração e permitirá a criação de projetos essenciais para o desenvolvimento do setor, uma vez que o apoio da universidade na pesquisa é essencial para que isso aconteça.

Centro de tecnologia e pesquisa da Alcoa na Ufopa deverá ser entregue já no ano de 2023 e irá fomentar novas soluções para o segmento da mineração no estado

De acordo com a parceria firmada entre a Ufopa e a Alcoa, para a distribuição do investimento na construção do centro, os recursos foram entregues à universidade ainda em fevereiro deste ano de 2022 e a previsão para a finalização do projeto é até o mês de julho de 2023. Dessa forma, a Ufopa já adquiriu parte dos equipamentos e dos insumos necessários para o centro de tecnologia e pesquisa, mas ainda aguarda a chegada de boa parte das ferramentas. 

O gerente de Relações Institucionais da Alcoa, José Haroldo Chaves Paula, comentou sobre como o projeto da criação do centro por parte da Ufopa foi altamente atrativo para a empresa: “Fiquei impressionado com o que foi apresentado sobre o projeto, tanto a estrutura quanto as informações, a transparência com que a Ufopa vem conduzindo esse projeto. A nossa expectativa é que esses recursos se transformem de fato em benefício para a comunidade acadêmica, e que a gente tenha profissionais de qualidade formados, que possam acessar posições em empresas da região com formação adquirida em Santarém, Juruti e em outros municípios onde a Ufopa está presente”.

Por fim, o executivo finalizou afirmando que espera que o investimento da Alcoa no centro de tecnologia e pesquisa possa beneficiar tanto a universidade quanto o setor da mineração no estado do Pará, uma vez que essa é uma atividade essencial para o desenvolvimento da região.

Relacionados
Mais recentes