Home > Sem categoria

Shell vai injetar mais de 6 bilhões de reais no Brasil e trás uma luz de prosperidade

Paulo Nogueira
por
-
15-09-2017 17:00:23
em Sem categoria
Shell investirá no Brasil

Sendo um das grandes operadores de petróleo do mundo, a Shell anunciou oficialmente que esses investimentos vão até 2020

[supsystic-social-sharing id=’1′]Royal Dutch Shell, uma das empresas do ramo de petróleo mais tradicionais e respeitadas do mundo, anunciou que vai investir mais de 2 bilhões de dólares( mais de 6 bilhões de reais na cotação de hoje), isso independente se ela será bem sucedida nos leilões do petróleo em outubro de 2017 ou não. O anuncio foi feito pelo diretor de Relações Governamentais do Brasil, Flávio Rodrigues ontem(14).

Rodrigues enfatizou, que as metas de investimentos não preveem injeção de capital em eventuais blocos a serem adquiridos nos leilões futuros, o que é garantia de mais operações independente de qualquer outra aspecto da economia brasileira.

 

Lembrando que a Shell também está participando da 14ª rodada de arremates do pré-sal, com o somatório de 287 blocos  nas bacias onde foi encontrado petróleo. Essas Bacias São: Sergipe-Alagoas, Espírito Santo, Campos, Santos e Pelotas e nas bacias terrestres do Parnaíba, Paraná, Potiguar, Recôncavo, Sergipe-Alagoas e Espírito Santo.

Nem precisamos dizer que a Shell está em segundo lugar em produção de hidrocarbonetos no Brasil, que agora vem aumentando mais ainda seus portfólios de serviços e pegando carona na decadência da Petrobras.

O momento para retomada no setor está chegando, será que você está preparado? Será que você tem estudado inglês e feitos seus treinamentos? Vale lembrar que os cabides de emprego estão se acabando no Brasil e infelizmente ou felizmente (depende do ponto de vista), os gringos gostam de profissionais qualificados, então não conte com sorte, façam a sua própria.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.