Setor da construção civil é comprometido pela falta de aço e alta nos preços dos insumos

Roberta Souza
por
-
10-03-2021 16:03:26
em Indústria e Construção Civil
Construção civil, aço, insumos Construção civil / Fonte: reprodução – Via Google

A construção civil, que continua em alta em 2021, sofre com escassez dos insumos e a demora nas entregas dos produtos da cadeia de aço

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou diversos dados sobre a construção civil. Segundo a FGV, o setor tem sido atingido pelo aumento dos preços do material de construção e as ameaças de desabastecimento podem prejudicar o setor. Os insumos de aço por exemplo, que estão em escassez no mercado, como planos, chapas, vergalhões, arames e até pregos, podem ter as entregas previstas para além de120 ou 130 dias.

Dados da construção civil

O Índice Nacional de Custo da Construção registrou alta de 1,89% em fevereiro de 2021, maior recorde desde junho de 2016, 1,93%. Neste mês, os custos com mão de obra ficaram praticamente estáveis, com variação de 0,12%. Os custos com materiais e equipamentos aumentaram 4,38%, maior alta desde novembro de 2002, que foi de 4,41%.

Segundo levantamento da FGV, os principais efeitos positivos no aumento dos custos com materiais e equipamentos em fevereiro de 2021 são: vergalhões e arames de aço ao carbono (21,34%), tubos e conexões de ferro e aço (11,56%), tubos e conexões de PVC (7,39%), tijolo/telha cerâmica (2,57%) e os condutores elétricos (3,78%).

Alta nos preços dos insumos

Com o aumento da produção, a construção civil vem se recuperando e espera-se o maior crescimento histórico dos últimos oito anos. No Brasil todo, o valor dos insumos, de acordo com o Índice Nacional da Construção Civil (INCC) aumentou 17,72%.

Apesar disso, a construção civil é um dos cinco setores com menor queda na receita (30%). Da mesma forma, um estudo do Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (CAGED) mostra que a construção civil é o setor que gera as maiores oportunidades de emprego: 136.500 empregos.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos