Início Por suspeita de ‘espionagem, regime chinês proíbe carros Tesla na cidade onde os líderes do governo se reunirão

Por suspeita de ‘espionagem, regime chinês proíbe carros Tesla na cidade onde os líderes do governo se reunirão

23 de junho de 2022 às 16:50
Compartilhe
Siga-nos no Google News
chinês - china - chineses - tesla - carros elétricos
Presidente da China Xi Jinping – Imagem economista.com

Autoridades mostraram sua suspeita com modelos que possuem inúmeras câmeras, embora se limitem a dizer que estas são medidas de “assuntos nacionais”.

Medo de espionagem? Por pelo menos dois meses a partir de 1 de julho, os carros Tesla serão proibidos de entrar no distrito costeiro chinês de Beidaihe, lar de um conclave anual secreto de liderança do governo chines, disse um chefe da polícia de trânsito local à Reuters na última segunda-feira (21/06).

As restrições de Chengdu aos carros Tesla, que não foram anunciadas oficialmente, vieram à tona depois que vídeos foram postados nas redes sociais, nas quais a polícia desviou os carros Tesla de certas áreas.

Artigos recomendados

Confira abaixo o vídeo

A decisão das autoridades chinesas ocorre apenas algumas semanas após a circulação de carros Tesla também ter sido proibida em algumas ruas da cidade central de Chengdu no início de junho, o que coincidiu com uma visita do presidente chinês Xi Jinping à cidade.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

O chefe da Brigada de Polícia de Trânsito de Beidaihe, que não queria dar seu nome, não concordou com a medida do regime chinês, mas disse que eram “assuntos nacionais”. A pessoa responsável disse que um anúncio será feito em breve.

Beidaihe, um resort de praia a leste de Pequim, tradicionalmente abriga um conclave de verão de líderes chineses seniores, no qual movimentos de funcionários e ideias políticas são discutidos à porta fechada. A China geralmente não anuncia formalmente as datas da reunião.

Todos os dados gerados pelos carros Tesla vendidos na China são armazenados no país.

No ano passado, o exército chinês proibiu a entrada de carros Tesla em seus complexos, alegando problemas de segurança devido às câmeras instaladas nos veículos, informou a Reuters na época, citando fontes que haviam visto a diretiva.

Elon Musk então disse que os carros Tesla não espionavam a China, ou qualquer outro lugar, e que a empresa estaria fechada se o fizesse. Meses depois, a Tesla disse que todos os dados gerados pelos carros que vende na China seriam armazenados no país.

Os fabricantes de automóveis estão equipando cada vez mais seus veículos com câmeras e sensores que capturam imagens do ambiente do carro. Controlar como essas imagens são usadas e para onde são enviadas e armazenadas é um desafio emergente rapidamente para a indústria e os reguladores em todo o mundo.

Os carros Tesla têm várias câmeras externas para ajudar os motoristas a estacionar, mudar de faixa e outras funções.

(Com informações da Reuters / Por Zhang Yan, Brenda Goh e Kevin Huang)

Relacionados
Mais recentes