Menu
Início Presidente da China Xi Jinping chama o líder russo Vladimir Putin de seu ‘melhor amigo’, e oferece apoio à Rússia diante de seu impasse com os EUA e a OTAN sobre a Ucrânia

Presidente da China Xi Jinping chama o líder russo Vladimir Putin de seu ‘melhor amigo’, e oferece apoio à Rússia diante de seu impasse com os EUA e a OTAN sobre a Ucrânia

4 de abril de 2022 às 07:59
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
china - chineses - EUA - Rússia - Washington - Putin - moscou - russia - Ukraine
Presidente da China Xi Jinping – Imagem economista.com

China tem capital para investir, tecnologia para vender e um apetite cada vez maior por petróleo, gás e outras commodities. A economia da Rússia, embora doente, complementa a da China, oferecendo recursos naturais, oleodutos, ferrovias e rotas marítimas imunes ao bloqueio de marinhas estrangeiras

A China ofereceu apoio à Rússia diante de seu impasse com os EUA e a OTAN sobre a Ucrânia, dizendo que Moscou tinha “preocupações razoáveis com a segurança” e que Washington e seus aliados deveriam levar “a sério”. Wang Yi, ministro das Relações Exteriores chinês, disse a Antony Blinken, Secretário de Estado dos EUA, que a segurança regional europeia não poderia ser garantida sem “fortalecer ou mesmo expandir blocos militares”, em comentários que pareciam apoiar a oposição russa à adesão da Ucrânia à OTAN no futuro.

Leia também

Falando na última quinta-feira (27/01) em uma chamada de videoconferência com Blinken, Wang pediu a todas as partes que “abandonassem a mentalidade da guerra fria” e pediu negociações “equilibradas” para resolver as tensões sobre a Ucrânia, de acordo com um comunicado do Ministério das Relações Exteriores chinês. O departamento de estado disse que Blinken enfatizou a necessidade de desescalada e diplomacia em seu apelo com Wang, mas também “entendeu os riscos econômicos e de segurança globais colocados por uma maior agressão russa contra a Ucrânia”.

A Rússia acumulou mais de 106 mil soldados em sua fronteira com a Ucrânia, provocando temores de que o presidente Vladimir Putin esteja se preparando para invadir. A OTAN reforçou sua presença nos estados membros orientais, enquanto várias potências ocidentais intensificaram o fornecimento de armas e equipamentos para Kiev.

Moscou exigiu garantias de segurança do Ocidente, incluindo que a Ucrânia nunca deveria se tornar membro da OTAN e que a aliança de segurança deveria reverter a implantação nos estados que aderiram após 1997. Os EUA e a OTAN entregaram respostas formais por escrito a Moscou na quarta-feira (26), ecoando declarações anteriores de que as principais demandas da Rússia eram inaceitáveis e que todos os países deveriam poder pedir a adesão à OTAN. A Rússia disse que as respostas deixaram “pouca causa para otimismo”, mas sugeriu que uma conversa continuaria “sobre questões secundárias”.

Os comentários de Wang vêm enquanto a China se prepara para sediar os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, que espera que não sejam ofuscados pela guerra na Ucrânia. Eles também apontam para uma preocupação crescente em Pequim sobre os esforços dos EUA para reforçar alianças na Ásia e na Europa para combater a ascensão da China. China e Rússia também intensificaram a cooperação no ano passado, incluindo a realização de mais exercícios militares conjuntos. Xi Jinping, presidente chinês, também falou com Putin mais do que qualquer outro líder estrangeiro no ano passado.

Washington alertou Moscou de que imporá poderosas sanções financeiras em resposta a uma invasão. Em uma ligação com o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky na tarde de quinta-feira, Biden disse que os EUA e seus aliados estavam prontos para “responder decisivamente” no caso de uma invasão russa, de acordo com a Casa Branca. O presidente dos EUA também disse que os Estados Unidos estavam explorando “apoio macroeconômico adicional” para ajudar a economia da Ucrânia a enfrentar a pressão das ameaças da Rússia — e assegurou ao presidente ucraniano que a embaixada dos EUA em Kiev permaneceu aberta, apesar da partida dos membros da família dos diplomatas.

O governo Biden está observando de perto possíveis sinais de que Pequim está planejando ajudar a diminuir a pressão sobre Moscou, no caso de Washington prosseguir com quaisquer sanções. Victoria Nuland, subsecretária de assuntos políticos dos EUA, disse na quinta-feira que não seria do interesse da China ficar do lado da Rússia.

“Se houver um conflito na Ucrânia, também não será bom para a China”, disse Nuland. “Haverá um impacto significativo na economia global. Haverá um impacto significativo na esfera energética.” Wang também pediu aos EUA que “parem de jogar fogo na questão de Taiwan” e “parem de interferir” nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, que devem começar na próxima semana. Os EUA não estão enviando representantes diplomáticos aos Jogos em protesto às supostas violações dos direitos humanos da China em Xinjiang.

O espectro das relações Taiwan-China apareceu grande à medida que Pequim responde à agressão de Moscou à Ucrânia. Ucrânia e Taiwan têm importância histórica para a Rússia e a China, respectivamente, e alguns especialistas veem a resposta dos EUA a uma invasão russa da Ucrânia como um teste de como reagiria a um movimento chinês para invadir Taiwan, uma ilha autônoma sobre a qual Pequim reivindica soberania.

Presidente da China Xi Jinping chama o líder russo Vladimir Putin de seu “melhor amigo”

As relações da China com a Rússia são as mais fortes dos últimos 70 anos. Quando o presidente Xi Jinping recebe Vladimir Putin, o líder russo que ele chama de seu “melhor amigo”, em uma cúpula planejada pouco antes da abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim em 4 de fevereiro, interesses poderosos unirão os dois homens.

A China tem capital para investir, tecnologia para vender e um apetite cada vez maior por petróleo, gás e outras commodities. A economia da Rússia, embora doente, complementa a da China, oferecendo recursos naturais que podem ser fornecidos através de oleodutos e ferrovias que são – em feliz contraste com as rotas de abastecimento marítimo – imunes ao bloqueio por marinhas estrangeiras. Um senso de história une os líderes. Ambos veem uma ordem mundial sendo remodelada pelo cansaço e pela dúvida americanas, criando chances de testar e dividir o Ocidente democrático. Diplomatas chineses e russos e órgãos de propaganda transmitem e amplificam narrativas paralelas sobre os benefícios da ordem de punho de ferro sobre a disfunção ao estilo americano. Exercícios militares conjuntos demonstram confiança crescente.

Em um discurso recente na Austrália, com o objetivo de reunir “democracias amantes da liberdade”, a secretária de Relações Exteriores da Grã-Bretanha, Liz Truss, descreveu a China e a Rússia como alinhadas e “encorajadas de uma maneira que não vemos desde a guerra fria”. Em Washington, comentaristas sugerem que a China e a Rússia veem um interesse compartilhado em uma aventura armada russa na Ucrânia que testa a determinação do presidente Joe Biden e a acha carente.

Alguns vão mais longe, argumentando que o Sr. Xi pode assistir a um ataque russo incontestado à Ucrânia e concluir que ele pode invadir Taiwan com segurança, a ilha democrática e autogovernada de 23 milhões de pessoas que a China reivindica por conta própria. Neste relato, os escrúpulos da China sobre a Ucrânia envolvem principalmente o tempo. Um serviço de notícias americano afirmou recentemente que o Sr. Xi pediu ao Sr. Putin para não atacar durante as Olimpíadas, citando diplomatas anônimos. A embaixada da China em Moscou chamou esse relatório de “uma farsa e uma provocação”.


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc..... Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
BANNER POPUP CPG VAGAS E NOTICIAS 2 Fechar