Início Petrobras abre edital para contratação de serviços de manutenção em cinco de suas refinarias na região Sudeste

Petrobras abre edital para contratação de serviços de manutenção em cinco de suas refinarias na região Sudeste

27 de maio de 2022 às 13:51
Compartilhe
Siga-nos no Google News
petrobras, refinarias, manutenção
Imagem de Fernando Frazão / Fonte: Agência Brasil

Manutenção será feita em grandes máquinas das refinarias da Petrobras e ocorrerá durante paradas planejadas das unidades de processo

A Petrobras acaba de introduzir nova licitação no mercado, o que despertou a atenção das empresas prestadoras de serviços. Trata-se de um edital para contratação de manutenção em grandes máquinas situadas em cinco refinarias da petroleira, estabelecidas na região Sudeste. Os processos de contratação apresentarão alcance nacional, e a abertura dos envelopes com as propostas de serviço está inicialmente prevista para o dia 23 de junho deste ano. As refinarias em questão correspondem a: Henrique Lage (Revap), Paulínia (Replan), Capuava (Recap) e Presidente Bernardes (RPBC), no estado de São Paulo, em adição a Duque de Caxias (Reduc), no Rio de Janeiro.

As manutenções em equipamentos serão executadas em meio a paradas programadas e planejadas de unidades de processo em cada uma das cinco refinarias da estatal na região Sudeste. Na gama de trabalhos, estão incluídas atividades envolvendo equipamentos como compressores centrífugos, geradores, turbinas a vapor, sopradores de ar, motores elétricos, turbo-geradores, turboexpansores, redutores e/ou multiplicadores de velocidade.

Artigos recomendados

As atividades de manutenção têm previsão de início ainda para este ano, porém devem acontecer em maior escala no ano que vem

Conforme o edital divulgado, o cronograma de atividades de manutenção terá início a partir da parada programada da unidade de hidrotratamento da Revap, ainda este ano. Ela está agendada para começar no dia 7 de novembro, enquanto o término é previsto para o dia 26 do mesmo mês. Ainda em 2022, a Petrobras – que recentemente firmou acordo com a Saipem e a Shell – efetuará também manutenções nas unidades de craqueamento, coque e hidrotratamento da RPBC, entre novembro e o início de janeiro do ano que vem. Na Replan, por sua vez, espera-se que haja uma parada na unidade de craqueamento, ainda no mês de novembro.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

O calendário da Petrobras tem continuidade com várias outras paradas programadas nas refinarias da empresa, na região Sudeste, entre os anos de 2023 e 2026. A expectativa é de que o maior volume de trabalho ocorra no próximo ano. O edital e todos os documentos correspondentes à concorrência (n° 7003853370) estão disponíveis no site da Petronect – empresa responsável pelo comércio eletrônico da Petrobras.

Enquanto refinarias no Sudeste recebem investimentos bilionários, que atingem o valor de US$ 6,1 bilhões, outros parques de refino da companhia são vendidos por ela

De acordo com a Petrobras, o capital aportado para o seu parque de refino durante os próximos cinco anos será equivalente à quantia de US$ 6,1 bilhões. A companhia afirma que os investimentos serão destinados à ampliação de sua capacidade de refino, à geração de produtos de maior qualidade e ao posicionamento de suas refinarias entre as melhores do mundo em eficiência e desempenho operacional. Do aporte total, cerca de US$ 1,5 bilhão será voltado à refinaria Reduc com o Polo GasLub Itaboraí (antigo Complexo Petroquímico), visando à produção de derivados e óleos básicos, a fim de tirar proveito da demanda do mercado de lubrificantes.

Ao mesmo tempo em que investimentos são realizados nas refinarias da região Sudeste, a Petrobras acaba de avançar em mais um desinvestimento em seu parque de refino. A estatal assinou, recentemente, a venda da refinaria Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (LUBNOR) para a Grepar Participações, sob valor total da transação de US$ 34 milhões. Até o momento, além da LUBNOR, a Petrobras já vendeu também outras três de suas refinarias, a saber: Landulpho Alves (RLAM), Unidade de Industrialização do Xisto (SIX) e Isaac Sabbá (Reman).

Relacionados
Mais recentes