Home > Sem categoria

Ocyan tem seu primeiro navio sonda comandado por uma mulher brasileira

Paulo Nogueira
por
-
23-10-2019 09:27:49
em Sem categoria
ocyan navio sonda Norbe IX

Ocyan vem trabalhando para se tornar cada vez mais diversa, com objetivo de assegurar um ambiente de trabalho inclusivo, livre de discriminação.

A Ocyan  se orgulha em anunciar sua primeira comandante mulher brasileira, Carla Malafaia assumiu em outubro o navio sonda Norbe IX. A empresa buscando cada vez mais  a diversidade, prevalecendo a igualdade de oportunidades para todas as pessoas, independentemente de qualquer característica que as tornem únicas. Nesta terça, 22, a empresa vendeu uma sonda famosa por operar flotéis para OOS.

“Eu esperava um dia chegar a esse patamar, era a minha meta, mas sempre trabalhei sem pressa”, afirmou a comandante. “Acompanhei a sonda Norbe IX ainda durante a sua construção na Coréia do Sul. Depois passei a trabalhar no ativo, de onde não saí mais”, conclui Carla.

Outras 11 mulheres trabalham na sonda, o que representa 6% de toda a equipe, apesar do número ser baixo é um bom patamar se comparado à realidade do mercado de óleo e gás.

Segundo Carla, “Ser mulher nesta carreira sempre será um desafio, sobretudo no Brasil onde não há uma longa tradição de mulheres na liderança de embarcações. No meu caso, o apoio dos meus pais foi fundamental para eu ultrapassar os obstáculos do início da vida profissional”.

Carla  nasceu em Guadalupe, na Zona Norte do Rio de Janeiro e sempre gostou de estar próxima ao mar. “Meus pais são do interior do Rio de Janeiro, mas eu nasci na capital e tive essa ligação com a água desde criança. Estava cursando Química na Universidade Federal do Rio de Janeiro quando soube de um concurso para a Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante e resolvi me inscrever. Estudei, passei e tranquei a faculdade.”, afirma

Carla constituiu experiência em empresas do setor químico e de petróleo antes de ingressar  à Ocyan. Na maior parte das embarcações, era a única mulher na equipe. “No início, eu precisava mostrar o tempo todo que era qualificada. Às vezes, era submetida a atividades em que meus superiores estavam claramente testando minha força física. Depois disso, tenho certeza que as mulheres podem estar em todas as funções de um navio”, defende.

A maternidade é um desafio mas não um impedimento para quem trabalha embarcada, como a Carla, que tem uma filha de 1 ano e 9 meses. “Hoje, ela é a minha força maior. Por ela, vale todo o esforço e trabalho, mesmo que seja difícil ficar longe por 15 dias. Ainda bem que a tecnologia evoluiu e podemos nos ver por vídeo pelo menos uma vez por dia”, explica.

Diversidade & Inclusão

Este ano a Ocyan deu início ao programa de Diversidade & Inclusão, que conta com um comitê responsável pela estratégia do programa, além de grupos de afinidade. Em 2019, os de atuação prioritários são ‘equidade de gênero’ e ‘pessoas com deficiência’. Cada um possui uma liderança dedicada, formado por integrantes voluntários espalhados por toda a companhia.

A proposta do programa é assegurar um ambiente de trabalho inclusivo, livre de discriminação, em que cada pessoa pode ser quem realmente é.

“O programa é um importante passo para ampliarmos nossos números, especialmente considerando os desafios inerentes ao nosso segmento, cuja atuação é predominantemente masculina e offshore – os profissionais embarcados correspondem a cerca de 70% do nosso efetivo total”, explica Nir Lander, diretor de Planejamento e Pessoas e líder do Programa de Diversidade & Inclusão da Ocyan.

A Ocyan é uma empresa com atitude sustentável e conhecimento para prover soluções para a indústria de óleo e gás upstream offshore no Brasil e no exterior. Seus principais valores são a segurança dos integrantes e da operação, a parceria de confiança com os clientes, e o compromisso com a ética e a transparência.

A companhia encoraja a diversidade e inclusão dentro e fora da empresa e é certificada como um Great Place to Work pela consultoria GPTW.

Fazem parte da frota da empresa atualmente cinco unidades de perfuração, dois navios PLSV (pipe laying support vessel) e duas embarcações FPSO (floating, production, storage and offloading). A Ocyan desenvolve também projetos SURF, fabricação e instalação de equipamentos submarinos, e presta serviços de manutenção offshore.

Fonte Ocyan

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.