Início O setor do petróleo no Brasil é destaque no The New York Times

O setor do petróleo no Brasil é destaque no The New York Times

2 de abril de 2018 às 18:58
Compartilhe
Siga-nos no Google News
O setor do petróleo no Brasil é destaque no The New York Times

Os olhos do mundo se voltam para a grande indústria do petróleo brasileiro que acaba ganhando destaque e interesse internacional após o sucesso dos últimos leilões

O ramo do petróleo no Brasil sempre foi muito almejado por muitas empresas globais nesta modalidade mas devido ao monopólio da Petrobras em explorar todos ou quaisquer ativos que ele quisesse, muitas destas operadores ficaram omissas por muito tempo. Bom, está realidade passou e o mercado de combustíveis fósseis brasileiros está mais aberto do que nunca, tanto que a 15ª dos leilões do petróleo foi destaque nos principais veículos de comunicação do Brasil e do mundo.

A repercussão foi tanta que um dos veículos de impressa mais respeitados do mundo, o The New York Times, divulgou uma matéria especial e dedicada a este evento, já que agora multinacionais entraram com força no país. A TNYT enfatiza que o Brasil provavelmente terá investimentos robustos e os olhos do mundo offshore estão voltados a este setor, depois que as regulamentações para exercer atividades por aqui estão mais fáceis agora.

A presidente da Exxon Mobil Brasil, Carla Lacerda deu entrevista ao jornal e enfatiza que eles desejam aumentar a carteira de trabalho no país em proporções jamais vistas. Infelizmente a Petrobras não têm mais a força financeira e o expertise necessário para explorar todo o potencial petrolífero em nossos mares, era uma questão de tempo até ela entregar os pontos devido a intensidade da crise que vem sofrendo. Além da Exxon, outros monstros como a Statoil, BP, Royal Dutch Shell e Wintershall estão bastantes animados com suas aquisições nestes leilões. VEJAM A MATÉRIA COMPLETA DO THE NEW YORK TIMES CLICANDO AQUI.


Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.


Facebook
Facebook

Twitter
Twitter

LinkedIn
LinkedIn

YouTube
YouTube

Instagram
Instagram

Telegram
Telegram

Google News
Google News

Relacionados
Mais recentes