Estaleiro Enseada na Bahia negocia construção de módulos de FPSO’s

estaleiro industria naval enseada Bahia
 

Um novo momento chega para a industria naval no recôncavo baiano com a restruturação do estaleiro enseada

Boas notícias para a industria naval da Bahia, o Estaleiro Enseada conseguiu pagar cerca de 70% de suas dívidas e os outros 30%, foram divididas em 19 anos. Ela esta negociando a construção de outros módulos de FPSO, e segundo o diretor Mauricio Almeida tudo se mostra favorável para pegar estes contratos. Além disso, há outros projetos para reparos de sondas de perfuração, construção de navios de cabotagem e cascos de FPSOs e ainda a implantação do Terminal de Granéis Líquidos.

Maurício de Almeida, executivo do Estaleiro Enseada

Como foi publicando recentemente em nosso portal, a Enseada está fazendo parceria com o Governo do Estado da Bahia para ajudar a alavancar os negócios da industria naval e prover incentivos favoráveis ao setor, já que o estaleiro é um dos melhores ativos do país e conta profissionais excepcionais.

No momento, a Enseada está disputando uma licitação para construir 4 navios de guerra para a Marinha Brasileira e vai construiu um setor de Granéis Líquidos dentro de suas delimitações,o que vai ajudar a “segurar  as pontas” enquanto o setor ainda está em baixa.

Almeida disse que não pode revelar o nome da empresas ao qual está fazendo as negociações para a construção dos módulos no momento, mas soltará um comunicado oficial em breve.

Você pode gostar ⇒ A MODECjá iniciou as inscrições para  o seu programa de trainee offshore e onshore, saiba mais a respeito clicando aqui, pode ser uma boa oportunidade.

MODEC abriu as inscrições para programa de trainee onshore e offshore

The following two tabs change content below.
Paulo Nogueira
Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás como técnico de operações, Pressure Downrole Gauge Operator e em plataformas de completação do Brasil e exterior