Estado do Amapá volta a registrar queda de energia em 13 municípios

Roberta Souza
por
-
14-01-2021 16:09:37
em Economia, Negócios e Política
Amapá, energia Apagão no Amapá

Ontem, 13 dos 16 municípios do Amapá, incluindo a capital Macapá, voltaram a registrar falta de energia após apagão

Na quarta-feira, dia 13/01, o Amapá voltou a ficar sem energia em 13 dos 16 municípios. De acordo com a CEA – Companhia de Eletricidade do Amapá, o problema ocorreu na parte da tarde, por volta das 16 horas. A queda de energia ocorreu dois meses depois que sofreu uma crise de energia, que atingiu 90% da população em novembro de 2020.

Confira ainda outras notícias do dia:

A empresa que administra a principal subestação do Amapá, a LMTE – Linhas de Macapá Transmissora de Energia, diz que “sofreu uma ocorrência externa ao seu controle na linha de transmissão de Laranjal à Macapá, que abastece sua subestação Macapá, todavia a questão já foi resolvida”.

O Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS, responsável pelo monitoramento do abastecimento de energia do país e informou em relatório que registrou uma queda em dois circuitos de linhas de transmissão entre Larajal – Macapá e nas hidrelétricas Ferreira Gomez, Cachoeira Caldeirão e Coaracy Nunes, às 15h53, com interrupção de 250 MW no estado.

O ONS destacou que às 16h38, o sistema foi restaurado e a energia dos usuários de energia elétrica está sendo restaurada.

Esta é a terceira queda de luz desde 3 de novembro de 2020. A segunda queda de energia ocorreu em 17 de novembro do ano passado.

Em 23 de dezembro de 2020, o transformador reserva foi energizado, garantindo 89% da segurança energética do estado. A ativação do aparelho que saiu de Roraima, faz parte de um plano desenvolvido pelo governo federal para normalizar o atendimento no estado. Atualmente, o Amapá possui três tipos de equipamentos disponíveis para uso.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe