Empresas Siemens no Brasil unem esforços para doações em iniciativas de combate à COVID-19 que beneficiam mais de 1.5 milhões de pessoas

Paulo Nogueira
por
-
03-11-2020 15:57:42
em Economia, Negócios e Política
siemens, offshore Siemens Energy

Via Siemens Energy – Com o objetivo de contribuir com medidas efetivas de combate ao novo Coronavírus, as empresas Siemens (Infraestrutura e Indústria), Siemens Energy, Siemens Mobility e Siemens Healthineers situadas no Brasil, uniram forças com a Fundação Siemens para viabilizar a doação de R$4,350 milhões em serviços, soluções, equipamentos e parcerias que visam suportar o sistema de saúde público brasileiro.

As doações foram destinadas para o Ministério da Saúde e a Fiotec, uma organização da FioCruz baseada no Rio de Janeiro, além de hospitais filantrópicos localizados nas Regiões Norte e Sudeste do Brasil, beneficiando cerca de 1.5 milhões pessoas.

Ao Ministério da Saúde, foram doados serviços de instalação, treinamentos e garantia para 30 tomógrafos, juntamente com quadros de força para os equipamentos de diagnóstico por imagem.

“Com a pandemia, os desafios e fragilidades do sistema de saúde ficaram ainda mais expostos e mostraram à toda sociedade a necessidade de um melhor gerenciamento de recursos e investimento no setor. Nossa contribuição por meio das doações está alinhada com o nosso propósito de construir um sistema de saúde mais inteligente e inclusivo, além de possibilitar um maior acesso à saúde”, comenta Armando Lopes, Diretor Geral da Siemens Healthineers do Brasil.

Outra contribuição das empresas é voltada à doação de produtos de seu portfólio, como equipamentos de baixa voltagem e automação para as instalações da Fiotec, incluindo seu Centro de Testagem. 

“Esse é um momento importante para as empresas realizarem ações em prol da sociedade, seja por meio de doação, colocando ativos para produção de itens de proteção das pessoas, ou desenvolvendo soluções de combate à COVID-19. Com uma atuação conjunta e articulada envolvendo as diferentes organizações do ecossistema da Siemens, os benefícios para a população são muito maiores”, afirma Pablo Fava, CEO da Siemens AG no Brasil.

·    Foram arrecadados R$ 4,350 milhões para auxiliar o sistema público de saúde brasileiro com soluções, serviços, fornecimento de equipamentos, EPIs e suprimentos hospitalares.

·    O valor será doado ao Ministério da Saúde e à Fiotec, além de hospitais filantrópicos localizados nas Regiões Norte e Sudeste do Brasil.

Por meio da Fundação Siemens, as organizações também contribuíram para o projeto “Salvando Vidas”, idealizado pelo BNDES em parceria com a SITAWI, uma ONG especializada na gestão de fundos filantrópicos. O valor arrecadado foi utilizado para a compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e suprimentos como aventais, luvas, álcool gel, máscaras e toucas para 19 hospitais localizados em cidades da região Norte do Brasil, em Campos de Goytacazes e São João da Barra, ambas no Rio de Janeiro, e em Jundiaí, interior de São Paulo. 

Uma parte do valor total recebido pelo BNDES foi doado pelos próprios colaboradores das empresas, por meio da campanha de financiamento coletivo “Juntos Contra o Coronavírus”, realizada com o objetivo de dar a essas pessoas chance de fazer parte dessa ação colaborativa. A iniciativa, que contou com um aporte inicial da Fundação Siemens, assim como o projeto Salvando Vidas, se utilizou do conceito de matchmaking, no qual a cada R$1 doado, a organização doou mais R$1.

“A própria definição do posicionamento da Siemens Energy nos compele a ir além e ajudar. É muito gratificante ver que a capacidade que nossos times têm de se organizar em torno de ações que dialoguem com a sociedade extrapolam o âmbito dos negócios, gerando um impacto social efetivo quando o País mais precisa”, afirma André Clark, presidente do Conselho Curador da Fundação Siemens e General Manager da Siemens Energy Brasil.”

Força-tarefa em prol da sociedade

Em linha com o propósito das empresas Siemens de gerar valor e contribuir efetivamente com a sociedade, diversas iniciativas também foram conduzidas internamente para fazer a diferença na luta contra o vírus.

Os colaboradores da localidade de Jundiaí produziram cerca de 800 protetores faciais, que foram doados para a prefeitura da cidade. Além disso, o time técnico da área de Tecnologia Predial disponibilizou suporte aos hospitais, hotéis e outros tipos de edificação de clientes e parceiros que tiveram que realizar adaptações para receber pessoas com diagnóstico confirmado para a COVID-19.

Paralelamente, por meio de um comitê multidisciplinar dividido em nove pilares de atuação, estão sendo coordenadas diversas iniciativas junto aos colaboradores para proteger a saúde das pessoas afetadas pela pandemia. Desde a sua criação, cerca de 3.000 horas foram doadas.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.