Em Macaé, a Usina Termelétrica Marlim Azul inicia nova fase de construção com a chegada de novos equipamentos

Roberta Souza
por
-
18-08-2021 11:23:26
em Refinaria e Termoelétrica
Macaé – termelétrica – usina UTE Marlim Azul em Macaé/ Fonte: Prefeitura de Macaé

Com mais esse avanço nas obras da usina termelétrica Marlim Azul, o município de Macaé, no estado do Rio de Janeiro, tem se consolidado como a “Cidade Energia”

Na última segunda-feira (16/08), o canteiro de obras da Usina Termelétrica Marlim Azul, na cidade de Macaé, registrou a entrega do gerador que irá compor o sistema de produção da UTE, um dos mais modernos e eficientes do mundo. O equipamento de 500 toneladas tem a capacidade de produzir 615 MW (megawatt) por hora de energia, o suficiente para suprir o consumo direto de 1,5 milhão de pessoas. Veja ainda esta notícia: MME prevê investimento de R$ 20 bilhões com programa que prorroga uso de termelétricas movidas a carvão

Cidade de Macaé se tornando referência na produção de energia

O prefeito Welberth Rezende disse que o projeto da Usina Termelétrica Marlim Azul consolida a cidade de Macaé como referência no estado do Rio de Janeiro e no país, como polo de transformação do gás natural em energia, fomentando, assim, o mercado que está em expansão, impulsionando o nosso desenvolvimento. Essa nova fase também aquece a nossa economia e promove o efeito positivo: a geração de oportunidades de emprego para a nossa população, diz Welberth.

Segundo a Arke Energia, a Usina Termelétrica Marlim Azul, em Macaé, está prevista para ficar pronta no final de 2022, garantindo assim a produção e fornecimento de energia elétrica a partir de janeiro de 2023. A UTE terá capacidade de produzir 565,5 MW de energia, e será a primeira Usina Termelétrica a utilizar gás produzido no pré-sal, fornecido pela Shell.

O novo equipamento que chegou ao canteiro de obras

O equipamento que irá para a usina termelétrica pesa cerca de 500 toneladas, que chegou à cidade de Macaé a bordo de uma carreta de 116 metros de comprimento que precisou de um esquema de trânsito na RJ-168, tem a capacidade de produzir 615 megawatts por hora (MW/h) de energia, o suficiente para suprir o consumo direto de 1,5 milhão de pessoas.

Para garantir o transporte em segurança do equipamento, a equipe da Coordenadoria de Trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana de Macaé começou a atuar com veículos e sinalizações, e a liberação da passagem de veículos, desde as primeiras horas da segunda-feira.

De acordo com a prefeitura de Macaé, em alguns períodos, a passagem de veículos da RJ-168 foi liberada para desafogar o trânsito proveniente da BR-101, no sentido Macaé, e também o trânsito para a região serrana, que foi paralisado na parte da manhã, com os ônibus que vinham da Serra desviados pelo Trevo dos 40, na altura de Cabiúnas. Outra peça importante na construção da Usina Termelétrica Marlim Azul é uma turbina, fabricada no Japão pela Mitsubishi, e que também tem chegada a Macaé prevista para este mês, garantirá à usina a capacidade de produção de energia por 24 horas, lembrando que a previsão é de que a UTE entre em operação já a partir do 1º trimestre do ano que vem.

Confira algumas fotos da chegada do novo equipamento em Macaé

Foto das obras da UTE Marlim Azul/ Fonte: Prefeitura de Macaé

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe